Picapes Ford no Brasil – Cia. Guido Cé

Tive que interromper a sequência para estas fotos que acabaram de chegar.

Essa é mais uma buziana, assim por mim chamadas as notícias sensacionais e fantásticas que sempre manda o amigo Mário Buzian. Eis o que ele nos conta:

“Recebi essas imagens do amigo Zonta de Caxias do Sul, que as recebeu da família de um concessionário Ford famoso da cidade de Encantado/RS, e olhem só o que era feito nas picapes Ford nos anos 60…Pelo que eu percebi, essa estória de “cabinar” ou mesmo “duplar” picapes vem bem antes dos anos 80, quando era moda fazer esse serviço…
Observem bem que existem imagens feitas no próprio pátio de estacionamento da Ford na fábrica do Ipiranga, sugerindo que foi ela quem fez essas viaturas…
Pelas informações preliminares a fábrica de carrocerias (que tentavam fazer com que as picapes ficassem até parecidas com os Fords e Fairlanes sedans da mesma época) ficava instalada em Novo Hamburgo, vou perguntar ao meu sogro se ele tinha conhecimento disso, e depois eu retorno com a respota, ok ?
Enquanto isso, vamos curtir essas raras fotos…

Forte abraço, Mário Buzian

Segue no corpo da mensagem:

“Todas as fotografias na sequência fazem parte do acervo fotográfico da família Jordano Cé, que gentilmente foram emprestadas pelo amigo Hamilcar Cé.
Ao Hamilcar meu muitíssimo obrigado pelas fotografias, pela paciência, e pela boa vontade de ceder o acervo.
No decorrer envio mais material,  também vou incluir, modificar.
Um grande abraço ao amigo, e muito obrigado por ler este material. Ass. Navarro Heitor Zonta”

As fotos são absolutamente fantásticas. Se fossem cromos de um álbum de figurinhas, diria que ele veio completo. Eu estou olhando para algumas sem acreditar, com um largo sorriso no rosto. Quem fez isso? Como era a venda? Sob encomenda ou ofertavam diretamente na concessionária? Estou com uma queda para a ambulância, que charme, mas existem outras picapes com um bom acabamento aí. Que coisas lindas.

Ao senhor Navarro e ao Buzian, meu emocionado obrigado. Se não me engano, deve se tratar da mesma família e concessionária que o Guilhemre está publicando no AVA, talvez.

São 50 fotos absolutamente deliciosas, eis o motivo de minha emoção. E mais não escrevo por que não sei e por que temos muito o que catar nestas imagens.

About these ads

40 comentários sobre “Picapes Ford no Brasil – Cia. Guido Cé

  1. Dan

    Tem alguns protótipos muito interessantes mesmo. A que mais gostei tem as lanternas da linha Ford americana 55/56.
    Quantos destes protótipos chegaram a ganhar as ruas?

  2. Luiz Felipe

    Parabéns, Nik, pelo post. Por oportunidades como essa que sou fã do seu blog.

    []s
    LF

  3. Mário Buzian

    Dan, muito boa pergunta !!!
    Eu particularmente nunca vi uma dessas do tipo “carro-picape” original, nem na minha época de moleque, rsrsrs !!!
    Gostei também daquela com portas traseiras do tipo “suicida”, em picapes dessa época nunca tinha visto algo igual !!!
    Já as ambulâncias eu cheguei a ver algumas, vou verificar com o meu sogro se ele tem alguma notícia sobre essa fábrica, e se ele chegou a conhecer algum desses carros, e depois corro aqui pra contar, certo ??
    Ford ABRAÇO,pessoal !!!

  4. Carros Antigos Autor do post

    Dan, Mário ainda está investigando, mas acho que todos foram pra rua. Não sei se eram protótipos. Acho que era picapes adaptadas ao gostodo cliente mesmo, por pedido, em sua maioria ao menos. O fato de algumas fotos serem em SP e outas por exemplo na empresa no Sul, me faz pensar se há aí origens diversas, feitas em mais de uma empresa, quiça a Ford. Talvez o pulo do gato seja a criatividade dos gaúchos que simplesmente exploraram um mercado, o de veículos grandes em cima de picapes. Como acontece até hoje. Sim, têm algumas lanternas ali que são o máximo. Vi log uma ou outra que, com a altura certa do chão, daria uma brincadeira daquelas!
    Valeu, Felipe, sempre bem-vindo.

  5. Pingback: Pickups Ford « Parachoques Cromados

  6. Carros Antigos Autor do post

    Têm umas coisa legais, outras nem tanto mas é tudo muito curioso. Fotos 8 e 12, que diabo de vidro curvo são aqueles na traseira???? Inteiros e não são iguais aos dianteiros, são? Acrílico ou vidro mesmo? Moldado ou de outro carro, da dianteira de um outro? Mistérios…
    Reparem que alguns vidros traseiros parecem coisa da Sulam nos anos 80, como da da foto 11. Sem friso, claro, e borracha de fora a fora, que devia vedar tanta água quanto minhas sandálias havaianas. Vixe!

  7. Mário Buzian

    Eu curti as antenas traseiras duplas do tipo Impala 59 naquela picape com portas suicidas…Definitvamente esse seria meu modelo, rsrs !!
    Reparou que existem algumas delas que têm uma tampa traseira dupla e basculante para os lados (foto 31) ??
    Devem ter sido inspiradas em alguma estante de madeira da moda…
    E o emblema da Willys do tampão traseiro na picape da foto 34 ???

  8. Dan

    No exemplo das fotos 26 e 27 parece que eles usaram o parabrisa como janela traseira.
    Alguns parecem um upmarket mesmo, pelos frisos e lanternas parecem versões “De Luxo” da picape pé-de-boi que era padrão de fábrica. Fica a impressão que o departamento de estilo da Ford se não estimulava ao menos tolerava. Tem uns frisos inspirados nos Fords 55-57, parecendo coisa oficial mesmo.
    A Chevrolet chegou a preparar uma versão semelhante, mas com porta lateral traseira assimétrica. Pelo que soube estavam restaurando este filho único de mãe solteira.

  9. Nanael Soubaim

    Essas transformações acrescentavam uma rigidez enorme à estrutura. Interessante é que não tentaram fazer as picapes parecerem mais agressivas, confiavam (montadora e cliente) na robustez inata, queriam ver força na hora do trabalho e não na careta. Eu gostaria que as portas reversas voltassem a ser oferecidas a quem não pode comprar um Rolls Royce, as soleiras de hoje estão (em nome da rigidez) altas demais, pessoas idosas e com problemas de locomoção penam para entrar e sair de um Corsa ou um Fiesta.

  10. Pingback: So That’s Where They Got the Blackwood: 1950s Custom Ford SUVs From Brazil : Hooniverse

  11. Alexandre Zamariolli

    Na primeira pick-up de três volumes (11ª foto de cima para baixo), é fácil descobrir o truque: as janelas da porta traseira são as mesmas da porta dianteira da Chevrolet Veraneio, e a vigia traseira é o para-brisa do mesmo carro.

  12. Francisco José Pellegrino

    Ótimo que a familia Cé disponibilizou as fotos…é mais um resgate da história automobilistica brasileira…gostei muito, tô com o Mario não entendí aquele capô de Willys na foto 33…mas não faz mal, ficou muito bom o resultado final….o Dan vai se divertir !

  13. Romeu

    Essas picapes não eram protótipos e provavelmente todas foram para as ruas.
    Reconheci varios modelos que eram usados pelos colégios para transporte escolar.
    As ambulancias e “carros de presos” como eram chamados na época, tambem foram muito usados, aqui em Sampa pelo menos.
    Algumas picapes cabine dupla, de bom gosto como aquela F-100 com opcionais como faixas brancas, retrovisores nos paralamas e antenas tipo Impala eram bem charmosas.
    Esses modelos foram os precursores das Engerauto, Sulan, Souza Ramos e outras dos anos 80.
    Parabens pelo belo post.

  14. Mário Buzian

    Malta, vamos pesquisar a fundo, com certeza !!!
    vamos achar algo, agora que já temos uma “base de procura” que é a coisa mais difícil, as imagens falam por si só !!!
    Gostaria de deixar aqui também o meu agradecimento ao Mauricio Silveira, dono do Blog “Showroom Imagens do Passado” ,o qual também colaboro, e que me passou muito material proveniente da Família Cé e do Zonta.
    O endereço para quem quiser conferir:

    http://showroomimagensdopassado.blogspot.com/

    Abraços a todos os amigos !!

  15. Flávio

    Antes que eu me esqueça, deixa eu escrever aqui logo para dizr que estou voltando às fotos…rs. Demais!

  16. Carros Antigos Autor do post

    Comentário de minha irmã caçula ontem, que caiu aqui no blog: nossa, vocês só falam de carros! Ô cachaça, hein?! :(
    Pois é, é a mesma irmã que trabalhou dois anos na Mercedes na Alemanha e de souvenir me trouxe… uma miniatura de um caminhão Mitsubishi…!
    Voltando à cachaça, o Blog do Mauricio é tudo de bom, já conhecia mas há tempos não visitava. Do jetito que vai, em breve o Brasil será referência em memórias automotivas na internet. São muitos blogs bons, e todos saudosistas, incuráveis, escrevendo e publicando o que de melhor existe sobre esses carros. Incrível.

  17. Luiz MSampayo

    Encarroçadores brasileiros são dignos de elogios, quase todas essas derivações das nossas pick-ups de linha chegaram as ruas e foram mt populares entre os previlegiados da zona rural Br. Geralmente eram apresentadas em primeira mão nos Salões do Automovel em SP. A Ford como a GMB fizeram suas versões de fábrica, mas tbm incentivavam os nossos coachbuilders que ofertavam designers com soluções surprendentes, inclusive qt a conforto e boa condução como tive oportunidade de experimentar em diversas ocasiões. Nikollas, recentemente lhe enviei material ref. a uma pioneira nesse segmento, trata-se da Sagres, sedan 4portas derivada da F100 1957 que pretendia substituir os carros de praça Ford 42 48 de então, não era exatamente uma cabine-dupla. Parabéns pelo post com essa inéditas brasileiras, que hoje são verdadeiras raridades. Oportunamente remeterei alguns anúncios afins e fotos de época.

  18. Leonardo Grecchi

    Algumas delas adotam o para-lama igual ao da chevolet brasil. Parece realmente que há mistura de marcas nessas montagens.

    Inclusive a traseira que parece impala…

  19. Nanael Soubaim

    É aí que está o maior mérito, elas conseguem ser absolutamente harmoniosas com arranjos que quase sempre geram visuais indigestos. Mas isto é para quem tem senso crítico e estético razoáveis, cousa que as montadoras perderam há anos. Aliás, por falar em perdas e montadoras, quem quiser um Mercury que compre logo, a marca já está no corredor da morte, só aguardando o sinal verde das concessionárias.

  20. Carros Antigos Autor do post

    Grecchi, também vi Impalas e Chevrolet Brasil por ali! Achei que estava ficando doido mas pelo visto não! Tudo muito bacana.

  21. Pingback: Four-Links – Bohn’s future trucks, Ford’s Brazilian crews, Sabra’s run, the Wasp and the Skorpion at Hemmings Blog – Classic and collectible cars and parts

  22. Pingback: Four-Links – Bohn’s future trucks, Ford’s Brazilian crews, Sabra’s run, the Wasp and the Skorpion « Memphis Auto

  23. Tio Lin

    Sensacional!!! São todas versões de transformadoras de carrocerias. Algumas estão até identificadas, como a Carrocerias Sul, Sturm e Ferrari. Dentre elas pude identificar também Itacolomy e Albatroz, mas não tenho certeza absoluta. Quem sabe aparecem por aqui ex-funcionários dessas empresas para nos contar as histórias dessas raridades.

    Abraços a todos.

    P.S.: esse Blog é muuuito legal! Parabéns!

  24. Pingback: Four-Links – Bohn’s future trucks, Ford’s Brazilian crews, Sabra’s run, the Wasp and the Skorpion | Blog on Car Electronics

  25. Pingback: 1950s Custom Ford F-series From Brazil - GM Inside News Forum

  26. rogerio

    Me arrisco em afirmar que o cantor gaúcho Teixeirinha tinha um destes modelos cabine dupla azul e branca… 1965/67 !!!

  27. Fornari

    Boa, conheci modelo que tinha a lanterna trazeira do Simca Chambord !

  28. PABLO

    Olá amigo eu tenho uma ano 63 dupla igual a da foto 26 de cima p/ baixo

  29. Leandro RODRIGUES MACHADO

    Nossa muito Linda as fotos!!! Que jóia , que preciosidade , uma verdadeira maquina do tempo!

    Que maravilha poder ver essas fotos , nasci no Brazil e cresci na Austrália , eu sou muito fan das Ford F100 , amo as F100 , no filme Australiano MAD MAX 2 foram usadas 6 pick-ups F100 !

    Gostei muito e muito obrigado por pessoas como vc manterem a história dessas lendas vivas e dividir para o mundo!

    Leandrin – Austrália

  30. Leandro RODRIGUES MACHADO

    Inacreditável , que orgulho que eu tenho da História da Ford Brazil !
    Leandrin – Austrália

  31. Leandro RODRIGUES MACHADO

    A classe na traseira e acabamento da foto 41/42 e muito classe … Hoje nao tem nada igual ( esses meninos acabaram de sair da faculdade de design e nunca abriram um capo de carro e fasem carros hoje… ) na quela época eles tinham bom gosto e eram conhecedores de carros!

    Leandrin – Austrália

  32. Gabriel Bao de Oliveira

    Meu pai tem desde os dezoito anos uma 62 (modelo 56 americano) cabine dupla igual a uma das primeiras fotos. Gabinada pela empresa Ferrari hahahahah. Como foi bom achar essa pastagem, sempre pensei que aquela camionete fosse um negócio engembrado, bom saber que é original! Atualmente ela está sendo reformada devidamente e futuramente será uma boa e bonita rot Rod com os para lamas traseiros ressaltados que tanto fazem falta à essa traseira hahahahah. Sim, aqueles vidros traseiros panorâmicos são de verdade, inteiriços, só não lembro se não é de acrílico, mas acredito que é vidro sim hahahahah. Mas meu pai trocará para o vidro “normal” devido à estética um tanto curiosa que esse panorâmico tem.
    Abraços, adorei conhecer o Blog!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s