Cia de Automóveis Guido Cé – 6

Deixei o blog de lado alguns dias, em que pese (e quanto pesam) o tanto de fotos da Guido Cé que têm me enviado o Zonta. Simplesmente não tenho tesão para publicar nada além disso enquanto ele não puxar a tomada. Sou apaixonado por fotografia e as nossas, do Brasil, têm preferência.

As fotos de hoje, bem, são pura adrenalina. São 82 fotos de uma corrida patrocinada também pela Guido Cé em 1952, como nos conta o Zonta a seguir. Resta a mim dizer que são das mais belas fotos que conheço dos nossos tradicionais volantes e suas carreteiras. Sem discurso ufanista, mas é bom comparar estas fotos com estas, dos EUA, da mesma época, e se perceber a força do nosso automobilismo e da cultura nacional pelo automóvel. Legal a garotada yankee correndo nos lagos, mas a foto do Catarino Andreatta acima é um absurdo de eloquente, não?

Aliás, estou paplpitando que a foto acima seja da carretera do Catarino. Tô com preguiça de ir no Google mas a dele em 1956, nas mil milhas, tenho certeza de que era a número dois, em que pese a número 6 neste circuito de encantado, 4 anos antes, também ostentar o característico Greyhound na porta. Quem sabe explicar melhor isso?

De qualquer forma, o mais famoso volante gaúcho estava em Encantado em 1952 e as fotos estão a seguir.

Escreve-nos o Zonta:

“Em 1952, Encantado foi pioneiro no Vale do Taquari quando promoveu o 1º Circuito de corridas com 472 km, tendo a largada em Encantado, passando por Arroio do Meio, Lajeado, Venâncio Aires, Santa cruz do Sul, Rio Pardo, Cachoeira, e novamente Encantado.
Segue o nome de alguns se não todos os participantes da corrida:

Catarino Andreatta
Dionísio Cé
Henrique Cé
Argemiro Pretto
Darci Pretto
Alcides Pretto
Abrain Abreu
Noi Secchi
José Mário
José Otéro
Aristides Bertuol
Oscar Bay
Aido Finardi
Breno Fornari
João Galvani
Rômulo Buonavoglia
José Asmuz
Júlio Andreatta
Oswaldo de Oliveira
Dirceu de Oliveira
Diogo Luiz Ellwanger.

O circuito teve como apoio a Prefeitura Municipal de Encantado, tendo o Prefeito Municipal Jordano Cé como um batalhador incansável para o sucesso do evento, e o patrocinador a ARVO (Associação Riograndense de Volantes).
Caso exista erro nos nomes favor entrar em contato.
Todas as fotografias na sequência fazem parte do acervo fotográfico da família Jordano Cé, que gentilmente foram emprestadas pelo amigo Hamilcar Cé.”

Peguem o babador, acomodem-se na cadeira que a corrida vai começar. Vistas assim, na sequência, as 82 fotos do Circuito mais parecem um filme de tão bem clicadas e em diversos planos e de forma sequencial. Aliás, o filme desta corrida existe e está muito bem guardado, esperando o dia de se mostrar ao mundo, novamente. Mal posso esperar.

Zonta, sem palavras, exceto uma: obrigado!

Anúncios

21 comentários sobre “Cia de Automóveis Guido Cé – 6

  1. Francisco José Pellegrino disse:

    Adorei o numero 106 que tinha gravado no parachoque “SOY VIEJO PERO”……… que fotos antológicas estão disponibilizando…isto irá andar o mundo…pode ter certeza que fará inveja aos gringos…..

  2. Luiz MSampayo disse:

    Um espetáculo todo esse acervo de photos da firma Guido Cé que o blogger vem apresentando. Nikollas, com certeza a Ford n.2 era a do Seu Catharino que ficou em 2º nessa prova realizada em out52 sagrando-se vencedor Diogo Ellwanger com a n.22. Essas Carreteiras deixaram em 6° o potente GT Cunningham n.34 de José Otero. Um carro curioso e enxertado que aparece em uma photo, eh o Chev n.172 de Alcides Preto de Encantado. Entre os Shoebox da I Prova do Alto Taquari, estranhei não ver nenhuma photo do Tudor51 n. 220 de Dionísio Cé, que foi um dos patrocinadores. Soubaim, a valente Perua Dodge n.112 de Ulisses Oirzabal, na prova que se seguiu, chamada Trampolim da Fronteira realizada em Bagé em Nov52, foi simplesmente a grande vencedora. Re: Scuderia Galgos Brancos, sem dúvida a mais famosa do RS em toda sua existência desde 1935, mas soh em 1939 juntou-se a ela dois de seus maiores expoentes, Julio e Catharino Andreatta. Por sinal esse último tbm foi um dos fundadores, em 1953, do não menos conhecido Departamento de Automobilísmo do Grêmio Foot-Ball Pôrto Alegrense.

  3. Luiz MSampayo disse:

    Sr.Marcelo Cé, mtmo obrigado pela informação, então o Sr.Dionísio Cé nessa 1ª Prova do Alto Taquari correu com o n.104, mas se me permite, n’uma Mercury cpe de 1941. No coment.anterior citei uma Ford Tudor 1951 com o n.220, apenas pq tenho uma photo de época do Sr.Dionísio ao lado desse carro que por sinal, revendo agora as fotos aquí postadas, ateh poderia ser a 51 saia e blusa com o n.100. Por curiosidade, em que carro correu o Sr. Henrique Cé nessa corrida de 05 Out 1952 com saída e chegada em Encantado,RS? Atte.Luiz Mello Sampayo

  4. Nanael Soubaim disse:

    Olhando bem e lembrando que os porta-malas eram tampados com lona, para reduzir peso, lembrei do protótipo Gina da BMW (encontrei um bom vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=BNGlaj7BDSM ). Não fosse o preconceito popular, derivado do desconhecimento de causa, poderiamos ter capôs e porta-malas de enrolar, que não ocupariam espaço e não cairiam na mão de um distraído, entre outras vantagens.

  5. Paula disse:

    Minha avó tem essas fotos!
    Meu avô (Dyonisio) tá alí, do lado do carro 104!
    Que emoção!! hahaha

  6. JUNIOR VOGES disse:

    Hoje em dia, ainda é sucesso e um evento que esta presente uma carreteira roncando forte, e por falar nisso a Pretto Veiculos concessionaria Chevrolet de Encantado tem uma replica da carreteira deles com o numero 56, igual a das fotos acima, esta lá na concessionaria para que quiser ver, sempre tem alguem preservando a historia

  7. Saloma disse:

    Sensacional material. Histórico…e recebi material igual no FB da Amaac Uruguay Amaac. E vou replicar no blog assim que tiver a autorização dos caras. mas não com todas as imagens e colocarei seu link…abs

  8. Martim J. Dartsch disse:

    Neste vídeo aparecem as carreteiras da escuderia galgos brancos: Catharino Andreatta -Ford #2,
    do irmão Julio- Ford #6 e de seu filho Vittorio- Chevrolet#4. Aparece ainda a carreteira do passofundense Orlando Menegaz- Chevrolet #9. Catharino sagrou-se campeão das Mil Milhas Brasileiras nos anos 1956, 58 e 59 e Menegaz nos anos 1957 e 61.
    Parabéns pelo blog

    Martim José

  9. Jorge Eugenio Friedrich disse:

    Parabéns pela matéria, conheci todos estes carros nas corridas de Encantado para Santa Cruz ida e volta, era senssacional o que faziam estes heróis do volante, Diogo Elwanger, Catarino e Julio Andreatta, Aido Finardi, Osvaldo Oliveira, Orlando Menegaz, João Galvani, Nicanor Olé, Alcides Preto, Gebir Laude, Dionisio Cé, Breno Fornari, Aristides Bertuol, e muitos outros que não lembro no momento, mas o saudosismo me leva para agradaveis lembranças.

    Novamente parabéns pelo blog

    Jorge Friedrich Lajeado RS

  10. Felipe Martins Da Rosa disse:

    Prezado Luiz MSampayo. O carro de José Atilano Otero é a carreteira Ford numero 26 que
    aparece em varias fotos. Otero só correu uma vez com o Dodge Cunninghan de Nicanor Ollé,
    que estava suspenso pelo ACRGS, na prova Cinquentenário do Grêmio PA em 1954, quando bateu, na chuva, furando um pneu. Quero dizer ao amigo que o Dodge Cunninghan, fora esta
    prova do Grêmio, nunca perdeu uma prova e não poderia dado a diferença entre ele e as carreteiras (leia, Cunninghan, a esperança americana nas 24 horas de Le Mans), alem das conhecida qualidades de Ollé. Eu tive o prazer de ver este carro em ação, com Ollé, duas corridas no Brasil e uma no Uruguai, dava pena das carreteiras. Alias este foi o motivo da briga
    Nicanor Ollé x ACRGS que culminou com a suspensão do piloto e venda do carro.
    Se eu não me engano em 2010 foi vendido na Inglaterra um Dodge Cunninghan , dos poucos
    restantes no mundo por 750.000 Euros. O Cunninghan, brasileiro parece que desapareceu.
    O blog é muito bom, parabéns.
    Felipe Da Rosa, Florianópolis SC

  11. Martim José Dartsch disse:

    Nikollas, no link que envio consta o resultado desta prova. Na relação localize(m) a data 05/10/1952 – Circuíto Alto Taquari, O interessante nesta corrida é que houve duas categorias: Força Livre e Standard. Os dois primeiros colocados, Raul Ellwanger e o Catarino Andreatta, já foram comentados, o terceiro foi o ótimo piloto de Pelotas, José Madrid, que se caracterizava por correr numa carretera Ford sedan ( vejam fotos carro 20) , fato muito raro à época, pois em sua maioria eram coupês. Alguns pilotos de carreteras migraram definitivamente para os Simcas nos anos 60, como o próprio José Madrid, Breno Fornari. Aristides Bertuol, Aldo Costa e eventualmente o Catarino Andreatta e José Asmuz, talvez pela mística do motor V8.
    abç.
    Martim José

    http://www.museudoautomobilismo.com.br/automgaucho.htm

  12. Celso Tissiani disse:

    Parabens pelas fotos simplesmente espetaculares! Nessa prova devem ter competido duas categorias. Os carros com centenas devem ser da mecanica nacional, que não permitia modificações maiores, porisso eles estãoinclusive com paralamas. Os com o numero em dezena,deviam ser força livre, conforme regulamento da ARVO. Achei lindas as baratas Chev 39!

  13. Celso Tissiani disse:

    Achei muito bonitas as baratas #4 e 10, as 2 Chevrolet 39, inclusive com cortes mais aerodinamicos nos paralamas dianteiros. Muito mais aerodinamicas que as Ford do Catarino, Julio e Diogo Elwanger. Só não sei se andavam igual as Ford! Agora uma pergunta para o pessoal de Encantado que frequenta este blog: O Ford 51 #102, não seria do Ibraim, conhecido frotista de caminhões F8, que tinham as inscrições: Pai do Inácio, Filho do Inácio, Sobrinho do Inácio etc…, no parachoque?

  14. Marco Albuquerque disse:

    A carretera de número 20 era de José Madrid, que não está listado entre os “volantes”, mas correu esta prova.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s