Pateta, este autoentusiasta!

Gancho do último post, sobre essa coisa chamada ética e o automóvel, entre outras coisinhas. Não sabia, mas o filme é de 1950.