David A. Smith

Na série dos posts sobre os sign painters, se mantido o critério (sic?), David Smith nem deveria estar aqui. Ele é uma criatura em extinção, sua arte ultrapassa qualquer referência. É absolutamente extraordinário – e divino – o trabalho deste inglês. Arte é proporção. Não imagino fora das telas e do mármore, quem o tenha alcançado em igual valor.

O primeiro filme é a história dele, sua loja, seu trabalho e ferramentas, muitas desenvolvidas por ele mesmo. O segundo, mais recente, é a capa de um disco de um certo cantor de blues que ele fez, mas no computador. Mas, na sequência, cria uma arte em vidro sobre o mesmo tema.

Não tente fazer isso em casa. Não se culpe por não ser capaz de fazer algo assim. Eu tentei, mas é inútil.

6 comentários sobre “David A. Smith

  1. regi nat rock disse:

    o que tem de gente meio escondida por aí, com um talento inacreditável, e que só conhecemos graças a internet, é surpreendente. Ainda bem!

  2. Roberto disse:

    Realmente, é inspirador. Me lembra da época que comecei a trabalhar com publicidade (bem antes dos computadores) e os layouts eram feitos a mão, por verdadeiros artistas.

  3. Rodrigo C Ruffolo disse:

    Sem palavras….. e com um profundo arrependimento de não ter me dedicado mais ao lettering com meu avô!
    Com certeza vou mantar Londres na minha lista de viagens … só para dar uma passadinha na loja desse cara, que alem de gênio tem um ótimo gosto automotivo…. adorei o Mini Wood!
    Obrigado ppor dividir isso com agente
    abraço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s