T-Model Ford, bluesman.

T-Model Ford nasceu por volta da década de 20 do século passado, no Missisipi. Como ninguém sabe exatamente quando, sua idade é um palpite. Deve ter quase 90, mas ainda esvazia um copo com mais habilidade que homens com um quarto de sua idade. Viveu a sina do negro americano no sul agrícola, passou do trabalho infantil precoce ao sub-emprego nas cidades do centro-oeste. Aprendeu a tocar depois que a quinta mulher o abandonou e deixou uma guitarra como lembrança. Passou a tocar em algumas joints em busca de bebida barata e mulheres. Perguntado uma vez quantas vezes tinha sido preso,  T-Model Ford sorriu desconfiado, mas reconheceu que, invariavelmente, todo sábado dormia em cana, para esfriar a cabeça. Além disso, cumpriu dois anos de uma sentença de 10 por homicídio. Em 2008 ganhou prestígio extra quando passou a excursionar com uma banda chamada GravelRoad. Por esta época já necessitava de cadeira de rodas para se deslocar, graças a um osso fora do lugar. Em 2010 sofre um derrame, perde os movimentos da mão mas se recupera a tempo de gravar um novo álbum, que foi lançado este ano. Seu grito de guerra, no começo de cada música, geralmente é “Hey, it’s Jack Daniel’s time!”

Ou seja, o bluesman James Lewis Carter Ford, vugo T-Model Ford, faz juz ao apelido. Como o carro de Henry Ford, ele é indestrutível.

Anúncios

Um comentário sobre “T-Model Ford, bluesman.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s