Orgulho de pai

Outro dia foi o aniversário de 6 anos do nosso pequeno Tales. Ele decidiu e a avó preparou uma roupa de coubói completa. Botas de couro, camisa de flanela, calça jeans e chapéu de aba larga, aqueles de quem têm pelo menos 200 alqueires de terra. O avô completou com o cinto, coldre e duas pistolas d’á gua. Assim vestido fomos para a casa de festa. Eu não parava de me encantar com a imaginação e alegria daquele menino, em verdadeira e autêntica brincadeira.

Até que um amiguinho pergunta a ele que fantasia era aquela, olha a ignorânica! E o Tales, meio perdido, pois sabe que não se trata de um personagem específico assim como o Ben 10, vira para mim, me puxa até sua altura e pergunta: “pai, como é o nome daquele moço que você gosta mesmo, hein?”. Me bateu um orgulho dobrado, forte. Eu sabia de quem ele estava falando. Só não sabia, ainda, que era tão gostoso ver seus sonhos no sorriso inocente de um filho. Susurrei pra ele: “é o Clint, Tales. Clint Eastwood.” Sorrimos com cumplicidade antes dele se virar pro amigo e repetir, do seu jeito, o nome do meu herói de infância, mocidade e de sempre.

Clint, eu te devia essa.

Anúncios

10 comentários sobre “Orgulho de pai

  1. Francisco José Pellegrino disse:

    Bom demais, adorei ! mas se encostar no meu Gran Torino vc leva bala ! (bala Juquinha)

  2. v8andvintage disse:

    Artista por artista, nem comparemos o Clint. Torino por Torino tem o do velozes e furiosos 4.
    Pelo conjunto, fico com o Clint…

    Pelo post, fico com a sensação que você teve, como é com o meu sobrinho no Dodge…

  3. Nanael Soubaim disse:

    Já posso ver o Tales chegando com a família, para visitar os pais, à bordo de um Pontiac 1969 chamado Clint; mesm que as leis ambientais de então obriguem a usar um motor eléctrico auxiliar, o que não embaçaria nem o carro, nem o motorista.

  4. James disse:

    Virei um fã do Clint Eastwood depois de ver Gran Torino, e todo esse lance da vingaça que tem em seus filmes. Vi um pedaço de Suddent Impact e achei muito bom mesmo, percebi que muitos imitam a série de filmes do policial Harry Callahan até hoje. “Go ahead, make my day”. Clint é o melhor !

  5. Dan disse:

    Sou fã do Clint desde criancinha! Não perco um filme dele. Aquele com Clyde, o macaco, é antológico… Sem falar do comovente “Menina de Ouro”.

    E tem mais: Ben 10 é o cacete! ((=

  6. roberto zullino disse:

    a melhor fala para mim é a de um dos Dirty Harry na hora que o bandido quer puxar uma arma e o Clint já está com a Magnum e fala: “Do it, make my day.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s