Mercury Brasileiro – parte 3

Esta foto veio do amigo Luiz Sampayo, que está sumido.

Complementa os últimos dois posts sobre os Mercurys Station Wagon no Brasil.

Coloco ao lado a foto que outro amigo, o Romeu, me enviou de um outro Mercury, em condição bem diferente. Bela comparação, hein?

Antes que me pergunte, digo que não sei nada sobre este Mercury. Só tenho a foto. Se o Luiz aparecer, tomara que não demore, talvez ele nos diga mais sobre ela.

Obrigado, Luiz, mais uma vez.

Anúncios

6 comentários sobre “Mercury Brasileiro – parte 3

  1. Irapuã disse:

    Seria importante saber quando teria sido feita essa foto. E onde. Pelos detalhes e cores, tem tudo para ser o mesmo veículo, pois tem muitas coincidências. Talvez os restauradores pudessem informar algo da EZP-1951. Cadê o Luiz Sampayo? Fiquei curioso.

  2. Nikollas Ramos disse:

    A foto é antiga, pensei a mesma coisa: será a mesma?
    O Luiz é meticuloso em explicar tudo que me envia (e publico depois) mas dessa vez só veio a foto.
    Seria bom se que se dispõe a restaurar um automóvel destes, com as infinitas questões técnicas que suscita, colocasse na net o passo a passo do processo. Essa ainda é uma barreira aqui no Brasil, documenta-se pouco a restauração e divulga-se menos ainda. Será medo de mostrar onde têm massa plástica e desanimar o futuro comprador? Só pode! RSRSRS!

  3. Irapuã disse:

    Achei muito interessante que os angulos/perspectivas das fotos são basicamente as mesmas, o que permite uma comparação bastante precisa entre os carros. Até onde eu sei, este veículo (o 2°) foi restaurado pelo “Celeiro do Carro Antigo” dos Rufino de Tijucas-SC. Fazem trabalhos de primeira grandeza. Recentemente, em parceria com outros colecionadores inauguraram um Museu/Exposição rotativa junto à BR-101 no município de Barra Velha-SC (http://automuseuceleiro.blogspot.com).
    Abraços,
    Irapuã

  4. Luiz MelloSampayo disse:

    Caro Nikollas, abrí a pouco seus tres emails (respondí o da Mercury) e logo passei para dar uma olhada no blog. Qt as SWs, se observarem melhor as fotos postadas, vão verificar que são de anos distintos. Consta que a 49 da foto, que conhecí em Jacarepaguá, encontra-se hoje em Caxias do Sul-RS. Ab

  5. Nanael Soubaim disse:

    Tomara mesmo que sejam imagens da mesma menina, este modelo é bem menos comum no Brasil do que a Brasília, então provavelmente é. e tomara que o Fusca cor de rosa, à direira da primeira imagem, tenha tido a mesma sorte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s