Cia de Automóveis Guido Cé – 15

Acho que agora termino de publicar todas as fotos que o Zonta me mandou. Acho.

Estas são fotos das instalações da Guido Cé em 1974, o showroom e a oficina. Na sequência, uma exposição dos veículos Ford, no mesmo ano, no Parque Conquentenário de Encantado, RS.

Só para comparar, a primeira foto é do primeiro post da Guido Cé e mostra o prédio da empresa em 1937. Em seguida, como era em 1975.

Abaixo, olhe o que está pendurado na parede. Aquela foto do Hery Ford do segundo post. Não é incrível que esta gente admirável, os Cé, tenham preservado por 4 décadas uma simples fotografia? Isso me parece uma prova de orgulho, admiração e gratidão. Sensacional este detalhe.

Aqueles posters na foto a baixo são do Maverick. Sobrou algum? Algum expert de plantão?

Olha o primeiro caminhão, com carroceria de madeira. Como assim levá-lo a uma autorizada? Que interessante. Ainda mais saber que eles aceitavam o carro para reparo. Vou experimentar e levar meu 51 na Rivel aqui de Niterói e pedir uma revisão geral. Será? Será?

Abaixo, o Corcel do lado direito é um GT, certo? Meu favorito.

Em Friburgo, neste final de semana, vi duas destas caminhonetes em serviço. Duráveis, não?

Terra de gente cuidadosa. Quem levaria um Jeep para arrumar a porta numa autorizada Ford? Só o povo de Encantado.

Abaixo, detalhe para o Maveco e o Corvel em pé. Essa eu nunca tinha visto.

Zonta, pode mandar mais!

Abraços, Nik.

Anúncios

6 comentários sobre “Cia de Automóveis Guido Cé – 15

  1. Nanael Soubaim disse:

    Só o povo de Encantado mesmo. Por cá, Jeep se consertava com arame e prego, e bloco rachado com durepóx.

    Há em um posto de combustível, creio que na Rua 68, no centro, uma F75 azul intenso com caçamba de aço, linda de se babar. Andava pouco de carro, na infância, mas lembro que já sacolejei na carroceria de madeira de uma. Às vezes a do posto divide espaço com uma coitada de uma Caravan transformada em carro de exibição em autódromos… Desperdício de carro, não dá nem para passear nela.

    O Corcelzinho estava querendo virar Ferrari, imitando o Cavallino Rampante!…

    Deixe eu parar por aqui que os olhos já marejam de saudades.

    Zonta, pode mandar mais²!

    Abraços, Nanael.

  2. 1965 disse:

    Como era forte essa revenda Guido Cé.Potencia mesmo.Naqueles primórdios de 1937-1ºfoto- esse camarada tinha uma sede de vender carros Ford, e fazia bem feito o marketing.Tudo era motivo para festa. Para mim que nasci no RS, mas nunca houvi falar desta importante revenda, agora através destas fotos e blog, conhecí parte da história automobilística deste país.Apesar de meu pai ter sido comerciante de carros usados, desde os anos 60. Acho que a propaganda dos Cé era meio regionalizada.
    Aquelas fotos de 1937 nos remetem a um tempo muito remoto e difícil para o mundo atomobilístico nacional.Poucas estradas nos interiores.Eram verdadeiros heróis ser motorista naqueles tempos. Cheguei andar na decada de 60 nos bezourões e calhambeques(6 volts) de meu avô e já era difícil, imagino década de 20- 30, Quanta viagem no escuro.
    Só me resta agradecer por estas experiencias ,dignas do século passado.Obrigado.

  3. Carros Antigos disse:

    ’65, penso como você. Eles foram argutos e hábeis em explorar as oportunidades de negócio além POA. O Zonta me disse que eles fizeram vários negócios inclusive fornecendo peças, carros, tratores e caminhões para o Uruguai, Argentina e Paraguai, salvo engano meu.
    Nanael, boa notícia. Zonta me escreveu ontem falando do frio glaciar que está por aquelas bandas e dizendo que trombou com um novo lote de fotos… Prometeu para esta semana mais, haja coração.
    Entusiasmado pela qualidade e quantidade de registros da Guido Cé, eu pediria ao gênio da lâmpada fotos dos seguintes momentos:
    1. Fords 32, em qualquer época.
    2. Mais fotos da oficina, do dia a dia de quem mantinha os carros andando e suas ferramentas e recursos.
    3. Mais Ford 1940.
    4. Fotos do estoque de peças e acessórios. Imagina o que eles tinham a oferecer aos seus clientes? Quantos destes itens sequer chegaram aos nossos dias? Vê-los seria um começo.
    5. Mais fotos dos 49. Do showroom em 1950 e 51. E claro 52.
    6. Mais Mercury!
    7. Woodies!
    8. Mais y-block!
    9. Os documentos de importação mais antigos da Guido-Cé, que Zonta me disse que existem e seria oportuno ver a discriminação de chassis, modelos, acessórios, nos papers de Detroit para o Porto de Rio Grande. Imagine, uma guia de importação de um Ford 37??? 40???? 49????? AH!
    10. Qualquer coisa relativa aos Cé! Quero ver tudo!

    Zonta, olha onde se meteu!

    Ah, e o mais importante de tudo. Que o prezado Navarro Zonta tenha tempo de – se já não o fez – começar a escrever a história que ele têm na cabeça sobre a Guido Cé. Ele conversa muito com todos os membros da família, houve histórias o tempo todo. Quem sabe um dia isso não vira um livrinho que acompanharia as fotografias? Hein, Nanael?????

    Obrigado Zonta e toda a família Cé. Vocês são especiais.

    Nik.

  4. Navarro Heitor Zonta disse:

    Nikollas!!!!
    Aproveitando a tarde, e pesquisando sobre as fotografias postadas descobri algo, o caminhão com carroceria fechada entrando na oficina por primeiro na fotografia de cima para baixo deu entrada por recebimento em parte de pagamento de uma F100 V8 Vermelho Jambo vendida a Angelo Mella de Putinga (3º e 4º fotografia de baixo para cima no fundo do salão da revenda Guido Cé), e que permanece na mesma garagem até hoje com 40.194 Km. Fico no decorrer de enviar fotografia da mesma como se encontra, preço R$30.000,00, pintura e tudo original.
    Tenho um material bem vasto, interessante, para te enviar, muita coisa que eu desconhecia apareceu inédito até para mim. Sem dúvida fica registrado mais uma vez aqui meu eterno agradecimento a ti, ao Hamilcar Cé, a Alda Abreu Cé, a Dolores Cé Moreira, e ao Marcelo Cé meu parceiro de buscas.
    Grande abraço.
    Zonta

  5. Rogerio Martinelli disse:

    Olá,
    Meu nome é Rogerio Martinelli e trabalho no CarZ, uma comunidade automotiva e classificados.
    Gostaria de fazer troca de links com vocês para aumentarmos nossa audiência em conjunto, nós e vocês.
    Se achar interessante, entre no endereço abaixo e siga os passos, é simples e rápido.

    http://www.carz.com.br/?Itemid=1147&option=com_linx

    O Carz tem uma audiência de mais de 100 mil pessoas por mês. E um link de site automotivo desse tamanho para o seu site faz com que o Google aumente o page rank do seu site.

    Obrigado
    RM

  6. JUNIOR VOGES disse:

    Gostaria de mais um a vez, parabenizar todo o pessoal que colaborou com o site para que chegasse onde chegou, pois essa história realmente é maravilhosa, e gostaria de destacar o potencial dessa concessionária, pois foi lá antes da metade do seculo passado, os caras faziam e aconteciam, era mesmo coisa de gente grande, para ser uma empresa do interior nao era para qualquer um, digo isso pois trabalhei seis anos numa concessionária e conheço bem o dia dia delas, ok mando uma abraços para os amigos, ate mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s