Lindóia ‘10 Swap Meet – 5

Dodge Charger 1966, para mim o mais lindo dos Mopar, ao lado dos Plymouth Barracuda 1964.

Este verde que estava em Lindóia este ano deve ser um daqueles que foi importado recentemente. Já ouvi falar em guaribar um carro para ser vendido, mas pintado com o rolinho é o primeiro caso. De qualquer maneira, eu, no mundo de Alice, comprava e deixava como está. Como as ruínas históricas de Lúcio Costa, mantinha assim pelo valor em si não pelo que foi um dia.

Anúncios

9 comentários sobre “Lindóia ‘10 Swap Meet – 5

  1. francisco disse:

    Ótimas fotos tem um amigo daqui de Sto.André q estava interessado no “escombro” e eu só tinha uma foto agora ele vai avaliar real estado da jóia…..

  2. MAKINETA disse:

    NIK E VC ACHAVA QUE NAO EXISTE COMERCIANTES NA AMERICA DE OLHO NESTAS IMPORTAÇOES BRASILEIRAS???
    VALE TUDO

    INCRIVEL É NAO TRAZEREM UM CAMINHAO BACANA DE BOMBEIROS OU UMA CLASSICA AMBULANCIA CADILLAC DEC DE 50…

    ABRAÇAO
    makineta.com.br

  3. Nanael Soubaim disse:

    Este painel de instrumentos é um espetáculo. Também sinto falta de caminhões, máquinas pesadas, e veículos funcionais, mas isto é questão de o povo acordar e perceber o interesse que realmente desperta, se até uma Veraneio da PM faz sucesso imaginem um Ford Victoria devidamente caracterizado.

  4. Carros Antigos disse:

    Nanael, já que tocaste no assunto… o meu 51 vai ser carro de polícia, um Higway Patrol de Ohio (o badge mais lindo de lá que eu conheço) mas só nas horas vagas, pois com os adesivos reposicionáveis de hoje, de dia eu fico em patrulha com os amigos e à noite levo as noivas para a igreja, sem levantar suspeitas.
    Te adianto que só falta as luzes azul e vermelhas, conforme os mais simples 51 de polícia que encontrei em pesquisas, depois dá uma olhada no blog do shoebox. A CIRENE, claro, eu já tenho. E funcionando. Te adianto que não há sensação igual a de dirigir um V8 com uma cirene ligada… Me sinto o próprio Bulford T. Justice do Smokey and the Bandit!!!

  5. MAKINETA disse:

    NIK CUIDADO PROS MANOS NAO MANDAREM “AMENDOAS” DE AR-15 QUANDO VC PASSAR RASGANDO DE SIRENE LIGADA

    RSRSRSRSRS

    BOM… PRA FICAR JUSTO NA VELOCIDADE EU PARTO EM FUGA NO MEU AERO 62, E VC COLADO NA PERSEGUIÇAO VORAZ NO 51…

    HUMMM SINTO CHEIRO DE DIAGONAL QUEIMADO RSRSRSRSRSRSRS

    90KM DE PURA EMOÇAO!!! HAHAHAHA

    ABRAÇAO
    MAKINETA.COM.BR

  6. alapucha disse:

    Bah, coisa linda, mas pintar de rolinho…é uma heresia até mesmo para os bólidos mais judiados! A não ser que seja um novo estilo…hahah

    Agora uma questão: onde é que eu encontro pra comprar essa “capa” pro volante, parecida com fitas pra cabo de raquetes de tênis? Qualquer dica é bem vinda!

    Grande abraço…

  7. David disse:

    Nik, o Charger de primeira geração é sem dúvida um grande carro, ainda mais com um 440 Magnum ou um 426 Hemi debaixo do capô, mas dizer que é o mais bonito dos Mopars… bem… dessa época eu prefiro mais um Coronet R/T ou um GTX… @_@

  8. lombardi13 disse:

    Esse carro esteve por um dia em um posto, no Alto de Pinheiros, SP.
    Antes dele, um Mustang 68, e depois, um Impala que não me atentei ao ano.

    Com certeza importação recente e que visa a venda rápida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s