Promotional Model Cars

Falando no Rui, outra coisa além das fotos dele que estava guardado comigo há muito tempo são as imagens da coleção deste sujeito que achei no Flickr. O negócio dele, e foi por isso que me lembrei do Rui, é colecionar os carrinhos distribuídos pelos dealerships americanos ao longo das décadas. Os “promo models” são todos originais e tão antigos quanto os carros de verdade. Duvido que exista coleção igual no mundo. O curioso é que ele também têm a miniatura do Ford 46 idêntica à que o Rui têm, recebida por ocasião da compra de um Ford 46 pelo seu pai aqui no Brasil. S’o que, engraçado, é a única peça entre as centenas da coleção que está gasta, surrada e faltando tinta. A do Rui não. Rui, já achou comprador para sua peça de valor inestimável, no caso de tu ficar doido algum dia.

Não imagino quanto valha uma coleção destas. Por via das dúvidas, estou comprando os carrinhos do Jornal Extra e espero, em 40 ou 50 anos, trocá-los por um quarto e sala no Juan Le Pins em Ipanema.

A primeira foto é da miniatura do Rui, para comparar com a mesma na coleção do gringo, na seuquência. As outras são todas da coleção do americano.

Para ver todas as miniaturas do gringo, e são muitas, clique aqui.

Anúncios

11 comentários sobre “Promotional Model Cars

  1. Tohmé disse:

    Pirei mesmo…Adoro promos. Adorei a coleção.
    Pena que aqui no BR as promos sejam tão raras.
    Parabéns

  2. Rui Pastor disse:

    E o pior é que lembro da miniatura do Ford 51 vermelho, na casa do meu avô, igual a da foto acima… esse não deu para salvar. Linda a coleção. Nik, acabei de mandar mais fotos e historinhas…
    Forte abraço,

    rp

  3. Nanael Soubaim disse:

    Que vontade de pegar um bloco de isopor e esculpir para fazer um molde, e que vontade de ter um quintal que comporte meus delírios reclicadores.

  4. Carros Antigos disse:

    Do 51, Rui? Essa tu não tinha me contado. Putz…
    Tohmé, houveram miniaturas promocionais da Chrysler do Brasil? Um amigo, criança quando o pai foi dono de uma revenda Dodge no Rio, sempre me garantiu que sim, ele teve várias no armário de casa. Verdade?
    Nanael, comece logo e pára de reclamar!

  5. David disse:

    Caramba, que inveja… Eu só peguei o tempo das coleções de Ferraris do posto Shell… Hoje essas relíquias devem valer tanto quanto os próprios carros de verdade…

  6. Bruno Beghelli disse:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s