Mais Friburgo e Rio de Janeiro, anos 50.

Eis mais algumas fotos do Nelson, aqui de Nova Friburgo, que eu preciso compartilhar com todos.

Veio de presente neste pacote mais uma foto do Rio de Janeiro, clicada em lugar que eu não consigo identificar, provavelmente na mesma época, início dos anos 50. Vou convidar o Andre Decourt, mais uma vez, para ajudar nesta tarefa.

A foto em que o Ford passa por uma ponte eu acho que é no Country Clube de Friburgo, a confirmar.

A foto do Rio é logo a primeira. Na sequência as fotos de Friburgo, e em uma delas um deslumbrante Pontiac.

foto5Foto 4foto 7foto 6

Anúncios

4 comentários sobre “Mais Friburgo e Rio de Janeiro, anos 50.

  1. Nanael Soubaim disse:

    Muita gente me aporrinha a paciência, apontando as falhas de “antigamente” sem dar importância para as virtudes, sem atentar para o que eu digo. O que havia de melhor em épocas passadas, é que tinhamos esperança, e essa esperança se refletia no modo de vida e no tratmento das pessoas entre si. Nos venderam um futuro bonito, cheio de problemas e soluções, nos entregaram um futuro feio e cheio de problemas. Eu sei o que havia de bom e de ruim, não fecho os olhos para as cousas boas de hoje, mas faço questão de manter vivas as boas doutrora. Estas photographias são testemunhas de uma época em que rapidez e pressa não andavam necessariamente juntas, uma das maiores qualidades vigentes até os anos 1960.

  2. Nikollas Ramos disse:

    Nanael, acho que o grande motor da alta velocidade com escorre o tempo hoje em dia é o desejo, a quantidade de cosias que cobiçamos e temos a cada dia mais, para desejar – e que não acabam nunca. Tudo isso nos deixa pouco tempo livre para pensar e refletir e isso faz falta. Eu preciso de dinheiro para pagar as contas, tenho uns desejos justos para esta vida, mas o que me faz falta mesmo no dia a dia é o silêncio. Hoje consegui algum tempo assim, as crianças estavam cada uma para um lado, e eu fui polir o Ford. Quase 3 horas de silêncio, nem meu radinho liguei, para não estragar a rara oportunidade de conversar comigo mesmo.
    Abraço, Nik.

  3. Andre Decourt disse:

    Nikollas, a primeira foto ñão é no Rio, chutaria com convição em BH !

    Acho que você não sabe, meu pai foi um dos sócios da SOTEC, aí em Friburgo. A Queijaria Escola, o Hospital São Lucas, os Serraville, o Muriville dentre outras muitas coisas aí são projeto dele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s