The Charles W. Cushman Photograph Collection

Anatole France escreveu que os fatos não se dividem em históricos e não históricos, por que esta é uma definição posterior, do historiador ou quem pesquisa o passado.

charles_cushman_134

Com uma sentença simples como esta, o que foi uma de suas características, ele me permitiu admirar as coisas que a vida me apresentou com liberdade de escolher entre os fatos relevantes e os nem tanto. Ser, pois, o historiador de meu próprio passado, em que a micro história particular muitas vezes é mais interssante que a coletiva. Nesta linha, o blog do Pedro, “O Rio de outros janeiros”, é um exemplo, onde a história cinegrafada e fotografada pelo seu avô, no Rio de Janeiro entre os anos 30 e 40, têm hoje um significado e relevo tal para a nossa história que poucos ousam duvidar. Mas que, em sua época, quantos dariam o mesmo valor?

charles_cushman_108

Comentando este assunto em outro post, me ocorreu comparar a obra do senhor Luiz Pedro Gomes, avô do Pedro, com a de Charles W. Cushman, que, entre 1938 e 1969 fotografou suas viagens por toda a América do Norte, além de ocasionais viagens à Europa, América Central e Oriente Médio.

charles_cushman_82

Ele registrou tudo o que viu, cidades e canyons, automóveis e a as cidades, em mais de 20.000 fotografias que hoje, sabemos, compõem uma rara coleção de história americana que, até ser doada pela família à Universidade de Indiana, era um acervo particular e restrito. Como o do avô do Pedro, até surgir seu blog.

charles_cushman_49

Assim, Luiz Pedro Gomes e Charles Cushman são, no meu blog de história dos carros antigos pelo menos, duas destas raras e valiosas pessoas que apontaram suas câmeras não em direção ao seu mundo, mas em direção ao futuro onde privilegiados como nós podem se refestelar na cadeira e admirar a incomparável beleza e toda a preciosidade do passado distante  que ficou registrado em seus filmes e fotos.

charles_cushman_54

Por isso, gastei muito tempo baixando todas as fotos da coleção de Charles Cushman que, evidentemente, não dão para partilhar aqui, mas lá no site têm tudo. Meus assuntos favoritos são Paisagens urbanas e Vistas panorâmicas. A seguir, umas 150 fotos do Charles Cusham onde o automóvel, sempre ele, se faz presente.

Você já conhecia a coleção de Mr. Cushman?

charles_cushman_113




Anúncios

10 comentários sobre “The Charles W. Cushman Photograph Collection

  1. Mário Buzian disse:

    Oh my God !!!!
    Isso sim é que é gostar de um negativo,e de clicar em câmeras,rsrsrsrs !!
    Que coisa mais fantástica !!!
    Putz,nem sei por onde começar…
    Valeu pelas magnânimas imagens,Nik !!!!

  2. Francisco disse:

    Nik, vc extrapolou com estas fotos….passei duas horas de contemplação…esquecí do meu trabalho…fantásticas fotos, porque será que muitas delas tem um Ford ali dos 49 ao 51, mais ou menos…..kkkkkkkkk

  3. andré h. disse:

    cara to ficando apaxonado por esses carros!
    muito bom o site, vai vira minha homepage!
    fiquei mais fissurado foi com os muscle do teu blog!
    acabei de faze 18 e to loco pra sabe uma coisa!
    sera que é muito dificil encontrar Camaros 67,68,69 nas concessionarias, multimarcas e cia aki no Brasil???
    gamei nesse carro..

  4. Nikollas Ramos disse:

    Essa coleção é realmente bárbara.
    O americano têm essa virtude, a única que eu invejo neles, a de gostar e querer preservar sua história. Fiz o contra-ponto com o acervo do avô do Pedro justamente para mostrar que aqui, ao contrário de lá, é tudo uma iniciativa individual a decisão de preservar ou não a história de um país. Outros teriam jogado fora, trocado por uns cobres no mercado de pulgas da Praça XV, mas quis a Providência que este não, amém. Só de imaginar quantos outro mais estão por aí…
    E, se me permitem o gancho, esta é a funçõa deste blog, compartilhar a beleza do automóvel em sua época. Se os amigos gostaram, touché, fico feliz e satisfeito.
    E adianto que a cada dia surgem na internet diversos acervos como este, nem sempre tão grandiosos, mas que permitem meu esporte favorito, contemplar o carro antigo com muita nitidez e qualidade. Abro minha Itaipava e minha TV vira uma máquina do tempo! IRC!
    Em breve trago outros exemplos, mas esse aí é realmente inigualável.
    Abraços, Nik.

  5. Renato Rea disse:

    Parabéns pelo blog, sou fotógrafo e quando posta essas séries de fotos antigas já me preparo para passar umas boas horas apreciando…
    Abraço!

  6. Nanael Soubaim disse:

    Um blog (como qualquer entidade) que tem uma utilidade pública, tem chances de ser longevo, talvez passar para a geração seguinte, quem sabe.
    Um país sem história vive de estórias.

  7. Nikollas Ramos disse:

    WOW, that’s great news DT! How could I have missed that from Hemmings? Sure will post that here soon.
    Thanks for you attention and welcome aboard.
    Regards, Nik.

  8. M3mourph3us disse:

    Como já diziam numa novela…”espetaculoso” O que gera de ideias para dioramas é de um sem precedentes impressionante!!!

    Parabéns pela excelente exposição!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s