O dedo de Deus

Atualização a este post. As fotos que verá a seguir são da família do João Batista Novello, clicadas aqui na serra de Teresópolis, Rio de Janeiro, em 1960. A história da foto quem nos conta é o próprio João:

“As fotos são de 1960. Eu tinha 1 ano e estou na janela do Ford na segunda foto. O fotógrafo foi meu pai. O carro era do meu Tio Agostinho (foto 1) e que mais tarde vendeu-o ao meu pai. Posteriormente foi trocado por um Dodge Kingsway 1951. A cor do carro era azul escuro. Na foto estão minha mãe, avó paterna, tio e primos.”

Depois que o João descobriu esta postagem apócrifa das fotos dele, eu tive a oportunidade de dizer a ele que estas, entre todas que tenho sobre os Fords shoebox, são as mais carismáticas e familiares, além de serem um belo registro fotográfico.

A seguir, vou preservar meu comentário anteiror à visita do João, para deixar o registro das perguntas que fiz e que, por sorte, agora estão todas respondidas. Obrigado, João.

Estas duas fotos também vieram do Flickr, me desculpe por não citar aqui a fonte, mas meus favoritos lá são uma bagunça. De qualquer forma, são da família de um conterrâneo fluminense em passeio à cidade Imperial de Teresópolis, nos anos 50. Pararam no mirante para as fotos de praxe, tendo ao fundo esta linda formação da serra que todos conhecemos por “dedo de Deus”. Deste ponto, caso você nunca tenho ido à Teresópolis, em dias claros é possível admirar toda a baixada fluminense e a baía de Guanabara ao fundo, com as cidades do Rio de Janeiro e Niterói ao seu redor. Imagine, então, que estas pessoas estavam em um dia e lugar muito bonitos nesta ocasião. O carro, claro, um Ford tudor 1950, novo que só. Veja os detalhes do alinhamento dos pára-lamas e portas, que fantástico.

teresopolis_rioteresopolis_rio2

Anúncios

4 comentários sobre “O dedo de Deus

  1. JBAN disse:

    Essas fotos são d o album de minha familia e foram postadas por mim no Flick. Eu estou alí de bonezinho na janela do carro na foto numero 2.

    Acho que os créditos da foto têm que ser dados. É uma questão ética.

  2. Nikollas Ramos disse:

    JBan, como vai? Espero que bem.
    Prezado, claro que o que eu mais quero é identificar a origem da foto e dar a ela o devido crédito. Por ser direito mas também por que é uma foto aqui de nosso estado e país, com tanta representtividade histórica!
    Sim, peguei esta foto no Flickr mesmo. E desconfio que você ainda mora no Rio, correto? Não foi em seu álbum lá que eu vi as fotos do 41 Crestliner de meu amigo Sandro, no Santos Dummont? Acho que sim.
    Enfim, se quiser mandar um pouco da história da foto e do dia em que foi tirada, por favor, agradeço antecipadamente.
    Só não peça pra tirar esta foto do ar pois por ela eu tenho um carinho especial, gosto muito destas duas fotos.
    Abraço fraterno, Nikollas.
    blogcarrosantigos@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s