Limpando o desktop!

Estas são algumas das fotos que eu insisto em guardar no desktop, na expectativa de uma boa oportunidade de serem publicadas em um contexto apropriado, adequado a sua importância, mas isso nem sempre é possível. E aí elas se acumulam. Foi então que eu entendi que elas talvez não tenham outra história que não o que se vê de imediato. Acho que só nos resta ver nelas aquilo que foi impresso depois de capturado pela lente, toda sua beleza e melancolia, eternizadas agora em bits e bytes.

Decidi então limpar o desktop e por isso as fotos vão assim, sem contexto.

J. V. Baldwin Motor Co.

Concessionária Chevrolet, chamada J.V. Baldwin Motor Co., década de 20. Não consegui apurar se é a mesma dos Baldwin Camaro, décadas mais tarde. Será? Difícil conseguir a história deste dealer em particular. Se os de hoje estão sumindo sem deixar rastros, imagine os de 90 anos atrás?

automobile_memories_007

Acima: eu não sei o que é pior; se perder o caminhão e a mercadoria ou ficar ali parado imaginando uma explicação convincente para tamanha sujeira. Veja o lado curioso disso. Este motorista passava pelo gelo possivelmente pela primeira vez. Simplesmente faltava conhecimento empírico sobre o que um automóvel pode ou não fazer a ele e quem mais o acompanhasse. Ele aprendeu do pior jeito. Absurdo? Então você não conhece a história de que morrem mais galinhas quando se abre uma nova estrada, certo?

automobile_memories_003

Acima, se não me engano, Dealership da Ford, década de 10, talvez 20. Abaixo, Dealer da Ford em 1953 queimando o estoque e um shoebox na porta.

automobile_memories_002

Abaixo, ainda Ford, meados da década de 50, acredito.

automobile_memories_018

O dealer da Ford, abaixo, é do início da década de 40, pelos Ford que se vê na vitrine. Pena a foto ser tão pequena. Confere?

automobile_memories_019

Na sequência, dealership da Pontiac em 2 fotos.

automobile_memories_016

automobile_memories_017

Ééé, Pontiacs zero quilômetro! Como deve ter sido lindo ver este salão em cores e ao vivo. E com dinheiro no bolso.

automobile_memories_015

Abaixo, o panit shop do Toigo. Ok, no big deal, mas eu fiquei intrigado por saber se o Toigo seria mexicano ou portoriquenho. Como descobrir isso?

automobile_memories_014

Eu olhei algumas vezes para a vitrine da concessionária Ford, abaixo, admirando o que não se vê. É de uma simplicidade que margeia o improviso. É pós-1932 eu sei, olha ali o “8” dentro do “V”, mas deve ser no máximo 1934, 35. Falta a máquina do marketing para padronizar os espaços de venda, e por isso esta foto para mim é tão fascinante.

automobile_memories_005

Abaixo uma cena com carros usados. Mexe com minha imaginação de forma bem ingênua, tipo “ah se eu tivesse uma máquina do tempo e 100.000 dólares no bolso… não teria onde guardar tanto carro!”. Bobagem, mas mesmo assim irresistível.

automobile_memories_001

A próxima imagem parece cenográfica: os carros parecem artificialmente posicionados, exibidos, despreocupados.

automobile_memories_006

Esta mereceria ser capa da minha revista se eu fosse dono de uma. É mais uma foto do Loomis Dean.

automobile_memories_010

Já esta foto eu merecia tê-la em alta resolução. O carro parece um Ford A e a moto eu não sei qual seja. Com quatro cilindros e rabo duro fica difícil. Alguma idéia?

automobile_memories_011

Abaixo, mais uma cena que parece extraída de um filme do George Lucas. Quantos Chevy você vê abaixo?

automobile_memories_012

Por último uma das minhas favoritas, clicada em um lava-rápido um Plymouth (?) e o que parece ser um Ford 30 ou 31. E com esta foto acabou a limpeza do desktop, agora consigo ver as fotos das minhas crianças, finalmente.

automobile_memories_013

Anúncios

9 comentários sobre “Limpando o desktop!

  1. Francisco disse:

    Aqui em Sampa na Rua Gal.Olimpio da Silveira, existiu ou existia um concessionário FORD Sonnervig que é a cara deste A.M.Chandler…(6a.fotografia).

    Abs, bom material

  2. Mário Buzian disse:

    Nik,

    Essa foto da concessionária pontiac em 1968 ou 1969 me tirou o sono…Que coisa mais linda,rapaz !!!
    Imaginei nós dois chegando no showroom e ao abrir as portas,nos depararmos com essa cena,ao vivo e a cores,em Technicolor Cinerama !!!
    Ahhhhhh,desse jeito o coração não aguenta…
    Grande abraço,meu amigo !!!

  3. Dionisio disse:

    Eu não tenho blog, mas você me deu uma boa idéia. HeHe
    Me manda um e-mail com umas dicas de como fazer um blog. O conteúdo já esta na minha cachola.
    Abraço.

  4. Carros Antigos disse:

    Dionisio, é simples de começar e manter e pode se tornar um pouco mais sofisticado a depender do que você vai querer fazer com seu blog.
    Mas, antes de tudo, registre-se em um serviço gratuito como o WordPress, que eu uso, ou o BlogSpot que é do Google, mais antigo, popular. Eu prefiro o WordPress, enquanto amigos como Guilherme e Luís, o BLogSpot. Teste um e outro, veja qual te agrada mais.
    A partir daí, é escrever, publicar, e é tudo muito simples, mais do que o Word, por exemplo. As dúvidas vão surgir na medida em que você use mais a ferramenta de publicação e vão depender da plataforma escolhida.
    Logo, monte o seu, comece a escrever e vai me mandando suas dúvidas na medida em que surgirem que eu respondo todas, claro!
    Fique tranquilo, tenho amigos que nunca tocaram um micro e só iniciaram por causa do blog. Como vê, é moleza.
    Abraço e conte comigo.
    Nik.

    Os links seguem abaixo:

    http://pt-br.wordpress.com/

    https://www.blogger.com/start

    PS: evite o Tumblr para começar, é para outra proposta de blog. Mas quando precisar, escreva, ok?

  5. Luciana disse:

    A epoca do exagero e desperdicio -citada nas aulas de Des.Industrial- foi marcada principalnente pelos carroes rabo-de peixe- gigantes que andavam nas ruas ocupando um espaço que parecia ser de uma piscina(rss)Mas afinal o que fazer com tanto aço depois que a guerra acabou?: CARROS…
    Lindissimas as fotos que voces colocam aqui neste blog.sao dignas de posters….nao e mesmo?
    parabens!

  6. Carros Antigos disse:

    Obrigado Luciana, também adorei o seu site. Muito bom.
    Quanto ao design, realmente, é assunto para discutirmos longamente.
    Abraço, Nik.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s