Chame o Urubu!

É sabido que nenhuma cidade no Brasil têm sua história tão discutida, pesquisada e revirada em blogs e fotoblogs quanto o Rio de Janeiro. Tudo patrocinado por um time de craques interessados em divulgar e construir conhecimento sobre a cidade que amam. Em qualquer um dos seus blogues se pode dar um mergulho no tempo e na intimidade desta cidade. Veja você, então, a última que eles desenterraram, a história do Urubu e Pega Firme!

Quem começou e desenvolveu o assunto foi o Jason em seu Fotolog, complementado pelo Rouen no seu site. Impossível abrir este final de semana com história mais pitoresca e saborosa que esta. Nas palavras do Jason, a história desta personagem tão tipicamente carioca, com sua humildade, alegria e sofrimento, o Urubu:

1236862502274_f

“Uma dupla famosa de Copacabana até os anos 80 – Isaias “Urubu” da Silva e seu sedã Mercury 1953, transformado em reboque.

Naqueles tempos pré-celular, Isaias fazia ponto no Bar Igrejinha, da Francisco Otaviano. De lá, saía tremulando bandeirões de Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo, para resgatar carros enguiçados.

Depois da morte de Urubu, o Mercury ainda resistiu triste e solitário por algum tempo no Posto 6. Depois sumiu. Deve ter sido rebocado para o repouso eterno em algum depósito da Prefeitura (no cadastro do Detran, a placa vermelha VV-8640 ainda está no nome de Isaias!).

Pena… o carrão-personagem devia ter sido tombado pelo Patrimônio e estar estacionado até hoje no Posto 6.”

1237180416165_f

Eu não sei em que condições foi publicada, mas o Jason ainda transcreve uma matéria da Revista Quatro Rodas, de 1964, que fala da vida e origens desta pessoa singular, a qual transcrevo abaixo.

1237007493745_f

Revista Quatro Rodas, janeiro de 1964.

“Urubu” e “Pega Firme” moram juntos na boléia de um velho caminhão International. O carro tem pneus carecas e há vinte anos, caindo aos pedaços, vive pedindo pintura – e água para o radiador não ferver. Mas, nunca deixou de atender, de dia ou à noite, as chamadas para reboque, ou trabalhos de pequena mecânica. Os fregueses são Cadillacs e Impalas de Copacabana, ante os quais o International forma pitoresco contraste na Zona Sul do Rio.

Isaias da Silva é o prêto de cavanhaque, sempre vestido com o mesmo macacão sujo de graxa, a quem o carioca apelidou de Urubu. É êle o dono do mais engraçado carro-reboque do Rio (…)

E Pega Firme? Não é gente, mas um cãozinho, talvez o único amigo sincero de Urubu. Era um vira-latas branco, a princípio; tempo e graxa o foram tonando cinzento e lhe deram, hoje, uma côr indefinível. Sua missão: montar guarda ao “Soneca”, que não dorme (Soneca é o carro-reboque).

Todo mundo conhece Urubu, seu carro e seu cão. Muita gente já decorou o telefone do bar Igrejinha, em frente à TV-Rio, onde dão recados ao mecânico. (…) “Soneca” atende a uma média de 8 pedidos de socorro por dia e o preço de Urubu vai da cara do freguês. Mas, nunca passou dos 5 mil cruzeiros. Mesmo assim, êle não confirma, nem desmente a história: que estaria rico e já seria dono de um apartamento luxuoso. [continua>>]

1237101881889_f

Isaias nasceu em Vila Isabel, berço do samba, o que lhe garante, no carnaval, um lugar certo nos “Decididos de Quintino”. Mas, foi servindo ao Exército que aprendeu mecânica de automóveis. Deixando a farda, foi motorista de lotação, trabalhou em casas especializadas (inclusive com Gino Bianco), mas nunca se sentiu tão satisfeito da vida como agora, que trabalha por conta própria.

Seu primeiro carro foi um “Buick canadense”, que êle comprou para reformar. Trocou-o mais tarde por um Cadillac 1927. Preço dêste carro (em 1950): 10 mil cruzeiros. O International, que é o seu carro atual, custou 40 pacotes (…)

(…) Se lembra da origem do “Pega Firme”. E conta. “De certa feita, deixei o cachorro com um português, dono de um aviário. quando alguém se aproximava das galinhas, o português gritava “Pega firme!” – e o nome ficou.

(…) “Cachorro comigo leva boa vida – conta o mecânico. Come bem, ouve jôgo do Vasco e vai à praia. Agora, estou em falta com Pega Firme, porque o rádio do carro enguiçou. Mas é um rádio caprichoso e um dia desses volta a falar: basta que Soneca lhe dê uns sacolejões a mais”.

Depois disso, o Rouen achou este anúncio do nosso herói e sue fiel cão de guarda, qua vai abaixo. E você, já conhecia a história destes dois?

827

1237335685335_f

Os links para os Fotologs do Jaosn e do Rouen, estão aqui. Aproveito apra agradecer a ambos pelo presente.

1237732224753_f

http://www.fotolog.com/jason_1900/35533880

http://www.fotolog.com/jason_1900/35562787

http://www.fotolog.com/jason_1900/35579256

http://www.fotolog.com/jason_1900/35593463

http://fotolog.terra.com.br/bfg1:827

Anúncios

8 comentários sobre “Chame o Urubu!

  1. Carros Antigos disse:

    Eu não, mas bem que queriater conhecido a figura a bordo de um Mercury e ter um boa câmera nas mãos! O Jason me deixou mais de uma semana na expectativa por um desfecho dessa história toda. Mas eu não aguentei esperar mais, acabei publicando. Tomara que ele não me puxe as orelhas, mas se algo mais aparecer, edito o post! Abraço e seja bem vindo, Nik.

  2. Flávio Furtado disse:

    Eu já fui rebocado, provavelmente por um papagaio, pois o caminhão era verdão, e no pára-choque traseiro guincho estava escrito assim: “Vou tirar você desse lugar!!!” hehehehe

  3. Uploarptorn disse:

    Great site this carrosantigos.wordpress.com and I am really pleased to see you have what I am actually looking for here and this this post is exactly what I am interested in. I shall be pleased to become a regular visitor :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s