Arquivo da tag: ferro-velho

Fotos da família Schuwarten

As fotos foram enviadas, há muito tempo mas eu guardei e me esqueci de publicá-las, pelo prezado Walter Henrique Schuwarten. São fotos da sua própria família, em várias épocas. Ele conta que o avô dele ajudou a implantar a Recauchutadora Sorocabana na cidade de Oliveira, daí as primeiras fotos. Mas eu concordo com ele de que as melhores são as do ferro velho com o Dart e o caminhão Mercedes, que terminou seus dias trabalhando para o circo: “Sou feio mas sô gostoso”, confome a placa. Obrigado, Walter.

sorocabana01sorocabana02camionete01camionete02ferrovelhoferrovelho03

RS Automóveis Antigos

Depois que eu finalmente descobri e publiquei aqui aqueles dois videos do ferro velho que era em Rio das Pedras, o Mário comentou sobre o assunto e que este tesouro havia sido comprado pelo Sr. Siciliano na época. Uma semana depois, um amigo foi à Santa Bárbara d’Oeste visitar o local onde hoje está o que restou do lote e me mandou fotos.ferro_velho_rs_carros_antigos_32

Eu esqueci das fotos até agora, quando o  Matheus me manda o link para o acervo da RS Automóveis Antigos, com fotos detalhadas por modelos. Quanto ao meu amigo, infelizmente foi lá por nada, pois na hora e dia marcados não havia ninguém lá para recebê-lo. Pelo menos, ele me disse, do outro lado da estrada têm uma cerveja muito gelada e uma linguiça de primera. Eis as fotos do ferro velho da RS Automóveis Antigos, fotografado do lado de fora, claro.

ferro_velho_rs_carros_antigos_31

PAra ver a galeria co as fotos que eu separei deste amigo, clique no link abaixo por favor. Depois do pulo vêm o mergulho.

Continue lendo

As situação das estradas nos EUA em 1969

Para o que seria uma matéria rotineira da revista Life, os seus editores mandaram à campo fotógrafos com a missão de registrar a situação das estradas e os acidentes de trânsito na América em 1969.

blog_carros_antigos_031

Nas fotos que se seguem, fruto desta iniciativa, é possível ver situações absolutamente rotineiras e triviais do trânsito naquela ocasião, mas que hoje para nós têm outra dimensão. Ali estão automóveis e caminhões (e ambulâncias!) que há muito deixaram de trafegar por aí. Impressionam a quantidade de carros perambulando já em 1969, assim como o colorido dos mesmos, o oposto da tirania do preto e do prata de hoje em dia. Me chamou a atenção, ainda, a quantidade de tetos de vinil passeando, um artifício que não se usa desde os anos setenta, acredito.

blog_carros_antigos_01

Quase 40 anos mais tarde, estas fotos, que não foram publicadas, são um retrato de uma época interessante da história do automóvel, mas que também permitem imaginar o quanto temos agredido e modificado este planeta, desde tanto tempo, com esta máquina que amamos chamada automóvel. Mas, mesmo assim, as fotos são muito boas. Admire sem culpa, por favor. E faça seu comentário.

blog_carros_antigos_02

blog_carros_antigos_23blog_carros_antigos_31blog_carros_antigos_40blog_carros_antigos_25

Galeria de fotos – América, 1969

As fotos de Troy Paiva

Fotógrafo de mão cheia, Troy Paiva combina exposções prolongadas com iluminação direta e artificial em carros abandonados em ferro-velhos nos EUA. Seu trabalho rendeu o interessantíssimo site chamado  Lost America, em que outros temas são abordados. Com o perdão do trocadilho, ele joga uma luz nova sobre as já manjadas fotografias de sucatas. Belo trabalho.

Sobre aquela foto do ferro-velho

Êta ignorância abençoada que a cada dia me permite realizar uma nova descoberta. A de ontem foi essa, a de que esta foto que eu postei mês passado, extraída lá do FNVA, em que vemos uma pilha de carros num ferro-velho qualquer nos EUA, na verdade foi extraída de um anúncio da Volkswagen. Sempre bem humorada e objetiva, a propaganda da Volks para vender o seu besouro tinha realmente que ser assim, explorando as falhas dos outros em favor das virtudes do Beetle. Fantástico.

Esta é a foto com a legenda de todos os carros identificados. Clique nela para ampliar.

E esta a origem, uma bem bolada futucada da VW nos carros, digamos, tradicionais.

Ferro velho pra todo gosto… nos EUA.

Essa dica veio do amigo Mauricio, que, como muitos de nós, sonha com o bolso cheio de verdinhas, 60 dias para fuçar todos os junk yards dos EUA e um avião fretado pra trazer tudo a que temos direito…

Enquanto a mega sena não vêm, ele vai pesquisando e achou este site que se propõe a ser uma espécia de catálogo dos ferro velhos americanos, organizados por estado e algumas especializações. A minoria têm um site, menos ainda se dizem especializados em alguma coisa. Mas, no desespero vale a pena, é só mandar um e-mail padrão e aguardar respostas, se vierem, pois essa turma lá como aqui não é muito dada a um bom serviço ao cliente, com as exceções de praxe.

Ainda têm uma “busca” por ano e modelo do seu carro mas isso, pelo que eu vi, é meio furado. Mas vale a dica, com certeza, pois têm centenas se não milhares de ferro velhos ali.

Se eu tiver tempo, vou organizar uma lista com os emails e publico aqui. Se alguém quiser dividir comigo a tarefa, a gente racha a missão: alguém pega de Boston ao Texas e eu pego dali até Seattle. Nada mal.

http://www.junk-yards.net/