Camaro 6L, Motor Trend, 1966

Por causa do post do Chico sobre um Camaro estranho, segue umas vistas do Camaro 67 com o motor 6L, tal qual publicado na Motor Trend em outubro de 1966.

Sempre boas estas oportunidades, eu vou me lembrando de umas coisas que tenho e nunca publico.

Chico tinha razão, a mola traseira não se poderia chamar de feixe, é apenas uma lâmina. Mas, o que me assombra nesse carro, engenheiro que não sou e ignorante que não caibo neste blog, é o subframe que sustenta toda a parte dianteira do carro, com apenas dois parafusos sob os bancos dianteiros e um na altura do radiador. Não é novidade para o Camaro muito menos exclusividade dele. Todavia, me impressiona a engenharia que segura isso tudo no lugar.

Substituí os meu parafusos alguns anos atrás. Acho que 90% dos Camaros até 74 que andam por aí têm os parafusos e buchas de fábrica. É que os mecânicos se pelam de medo de trocar isso. Os argumentos são os de sempre: nunca fiz, mas e se desalinhar, e se rachar o vidro e se… tudo bobagem, há um step by step aí que o pessoal do NastyZ28.com publicou que é uma delícia, você troca todos com um macaco jacaré ordinário e um taco de madeira. E com tudo no lugar, nada de tirar motor como já ouvi uma vez.

Voltando aos desenhos, é uma obra prima, não? Essa tal de Camaro é de colocar os cavalinhos rampantes da Ford de volta no estábulo, com todo o respeito e em que pese minha paixão pelo Mustang.

E aproveitando a deixa e falando de Camaro 67 V6… têm mais no final.

Desde que comprei o livro do Darwin Homstrom, Camaro Forty Years, e dei de cara com este nunca restaurado Camaro V6, eu passei a nutrir um segredo dentro de um sonho. Não sei por que, mas esse pony com um motor tão comum me enfeitiçou, ainda mais depois que eu vi o emblema 250 no pára-lama. Chique. Dizem que são mais raros que cabelo em perna de metrosexual. Mas, eu tenho um conhecido cujo tio teve um, aqui mesmo no Rio.

Sobrou algum por aí? Você já viu um Camaro V6?

16 ideias sobre “Camaro 6L, Motor Trend, 1966

  1. Francisco José Pellegrino

    Já ví Camaros 6 cilindros, alguns aqui pelo Brasil já devidamente modificados com 350 V8. No caso dos parafusos de fixação do sub-frame o receio dos mecânicos é este que vc disse….a quebra do vidro dianteiro. Existem 3 pontos de fixação, dois parafusos no final, dois parafusos intermediários (os mais importantes) e dois dianteiros onde se alinham as latarias da dianteira. Explico os intermediários…junto com eles existe uma furação de 5/8″ (16 mm) onde o individuo tem que colocar um pino que atinja a carroceria onde se encaixará e aí se obterá o alinhamento correto, aprendí isto a duras penas..alinhados os furos começa o aperto dos parafusos com suas buchas de borracha….é o macete do alinhamento de todos os Chevys que utilizavam este tipo de sub-frame.

  2. Francisco José Pellegrino

    O Marcelo Baiamonte tem um RS 68, foi obrigado a tirar o sub-frame e fazer alinhamento geral pois o dito cujo estava meio torcido, ele tem empresa de mecânica então construiu um gabarito feito a Fischer e resoldou o sub conseguindo depois alinhamento perfeito.Eu assino a revista Chevy High Performance já recebí a edição de Dezembro deste ano, mas só vou abri-la naquele mês, americanos são meio doidões, por lá fico passando vontade pois hj existem sub frames mais leves construídos em aço mais resistente, aquelas suspensões tubulares, kits de freios maravilhosos e PASSO VONTADE, CARACAS !…catzo de terra a nossa
    que precisa cobrar tanto imposto….

  3. carrosantigos Autor do post

    Chico ele fez no braço um sub chassi e soldou no monobloco? Meu herói!!!

    Esta peca mais leve seria divino os americanos enfatizam isso. Nao compreendo o ganho mas acredito.

  4. Francisco José Pellegrino

    Nik, ele retirou o sub frame, colocou num gabarito com as dimensões de fábrica, verificou os pontos ruins, cortou e resoldou deixando-o nas medidas originais…a evolução dos materiais desde os anos 60 foi grande demais…veja as tolerâncias do motor V8 350 antigo e reveja aquele filme do novo motor totalmente em aluminio da Corvette 2013/2014….a muitos anos que se trabalham com tolerâncias muito menores devido à evolução dos materiais. Entre debaixo do seu Camaro e veja que nos parafusos intermediários de fixação do sub frame existem os tais furos que eu te falei….Eu acho que com a devida venia e créditos vc deveria nos brindar com aquele filme do motor novo da Corvette…vc é um rapaz de TI eu sou chucro.

  5. Michael Mozart

    Agora sim! Esse azulão tá de mais, mesmo com o motor muito mais leve está alinhado. Nunca vi um 6L, o pessoal já deve ter alterado todos. Agora me tira uma dúvida, a foto em que ele está de perfil, parece que tem uma coluna de direção com indicador de câmbio? Ele tem câmbio na coluna? ou tô ficando doido?

  6. Irapuã

    Nik, uma observação: o motor do carro das fotos é 6L e não V6 como você anotou antes das fotos.

    E “catzo” de italiano metódico!
    Chico, se eu tivesse recebido uma revista da edição de JANEIRO eu tinha jantado ontem. Você só vai abrir em DEZEMBRO? Você é meu herói, kkkkk

  7. carrosantigos Autor do post

    Ira, sabe como sao as palavras a gente se atrapalha com elas toda hora. Sim sao seis em linha o V6 nunca existiu.

  8. Michael mozart

    Power glide! É morro e não vejo tudo, essa eu não sabia. E a velha dúvida só aumenta, Camaro ou Mustang? Não consigo eleger meu preferido! Vc ainda tá vendendo o seu? Se sim, gostaria de ficar com ele, mas ainda não tenho onde colocar, quem sabe ano q vem. Abraços!
    P.S: Camaro me faz voltar a minha infancia…

  9. Caristas

    Yes, here in Canada, I once owned a 1968 Camaro with 250 c.i. inline six-cylinder engine and two-speed Powerglide transmission. It was not very fast, compared to the V8 Camaros, but it was just as good-looking! And it was not as nose-heavy as the V8 Camaros, especially the big-blocks. I wanted to swap the engine for the 250 Pontiac six-cylinder with overhead camshaft that was a lot more powerful, but it turned out to be more trouble than it was worth. Still, that would have been interesting. Congratulations on your excellent blog!

  10. carrosantigos Autor do post

    Hi Caristas, thanks for passing by. And nice to hear about your Camaro. Congratulations for your blog. It’s a must see for anyone interested in old cars.

  11. DANIEL LOYOLA ANDRADE

    CAMARO RS 1966 – esse é “o carro” . Eu tive um, mas ano 1968, já com os faois escamoteaveis, com grade fechada. Mas meu chodó era um 1966, que nunca tive a oportunidade de comprar. Nos anos 70 esses carros tinham particulariedades. O Camaro RS 66, valia muito e relação ao 1968,69, bem como na mesma época o PONTIAC GTO era carro para poucos mortais. Bons tempos. Nos anos 80, vendi e nunca mais ví meu ex-carro por aí, acho que foi parar na mãos do maior colecionador de Camaro, que mora em São Paulo. Esse colecionador tem + de 50 Camaro, todos parados em Galpão à mais de 20 anos. Coisas de colecionador mesmo.
    Saniel Loyola Andrade – Barueri-SP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s