CARmageddon em Caçapava


O estado em que se encontram os restos dos carros do falecido Roberto Lee revoltam qualquer interessado no assunto. Ver é sempre pior do que saber, e as fotos a seguir são para corações fortes.

Observação, antes de você continuar >>>

Em uma outra página reuni tudo que achei sobre o Museu do Roberto Lee, enviado por amigos e leitores deste blog. Há muito mais informação e fotos nesta outra página. Para ver todo esse material, clique neste link.


Abaixo, as fotos do que restou do Museu do Roberto Lee, tiradas no final de 2008. Um mês depois, surgiram fotos ainda mais estarrecedoras que comprovam estarem sendo, os carros, vítima de aparente furto e desmonte, conforme se pode ver no link acima.

roberto_lee_cacapava_62

Como forma única e tardia de protesto a este crime contra a memória do nosso país e de um de seus grandes filhos, vou republicar aqui as fotos . Grato ao Mário pela dica e ao fotógrafo desconhecido. roberto_lee_cacapava_94

Para ver as fotos, clique no link abaixo. Depois do pulo, vêm  o susto!A galeria de fotos assombradas do museu de Caçapava.

About these ads

60 ideias sobre “CARmageddon em Caçapava

  1. Pingback: Como era o Museu do Roberto Lee - 1984 « Carros Antigos

  2. Pingback: O segundo assassinato de Roberto Lee « Carros Antigos

  3. Carros Antigos Autor do post

    Ricardo, é caso de polícia mesmo. Você é de Caçapava? Eu já tinha visto as fotos da última semana, chocante. Vou mandar meu email ainda hoje e talvez até telefone ao prefeito, sabe? Quem sabe ele pode ajudar, mas duvido. Vou colocar estes dados lá no Fórum do Simca. Abraço e obrigado pela visita. Nik.

  4. Rodrigo Lombardi

    Se está lacrado, como existem tantas fotos atuais de dentro do galpão?

    Isso gera a crença na facilidade de se entrar e fazer o que quiser, exclusivamente aos mal-intencionados.

    Não recrimino quem tirou as fotos, mas sim o propósito dos outros que tiram algo mais.

    Não consigo entender também o desinteresse em reanimar o museu, seria vontade de colecionadores “influentes” que esperam a hora certa pra pegar aquilo que sua vaidade e ambição desenfreada almejam??

    Claro que custa dinheiro, muito dinheiro, mas acredito que com parcerias honestas é possível.

  5. Carros Antigos Autor do post

    Rodrigo, a situação do Museu de Caçapava é de infâmia. Nem sei mais o que pensar sobre, apenas que, talvez sirva de exemplo para outros, quem sabe?

  6. matheus

    incrivel mesmo como o povo não liga,no galpão existem verdadeiras raridades que eu acho que todos aqui gostariam de ter que poderiam estar dando muita alegria a algum colecioandor que cuide ou até sendo expostas em perfeito estado de conservação mas não essas reliquias estão se deteriorando sendo desmanchadas(por exemplo o maverick amarelo) estou decepsionado com o governo que não faz absolutamente nada é o brasil mesmo

  7. Eduardo Thomé

    Não sou colecionador más sou um admirador de carros antigos, sinto que o SR. Roberto Lee tenha tido tanto amor em comprar e preservar estes carros e agora eles fiquem ai jogados ao tempo, tempo este que logo fará com que eles sumam.
    Porque alguns colecionadores que com certeza tem posses financeiras, não se juntem e usem de suas influencias para arrematar estes carros.
    Procurem as pessoas responsaveis e lhes diga que oque hoje eles tem logo não terão mais porque brigar e lhe fação um lançe.
    Colecionadores a memoria do SR. Lee esta em suas mãos.

  8. delzio almeida

    É uma visão triste, e saber que o dono já não se encontra mais junto aos seus carros, nem treinou um filho ou sobrinho ou um empregado qualquer, para continuar cuidando de sua coleção…
    Particularmente EU cuidaria de uns dois carros destes, e nos Domingos desfilaria aqui na Lagoa da Pampulha com eles , muito feliz da vida!!
    Alguém já procurou saber se os herdeiros, estão com intenção de vende-los, leiloa-los ou doa-los…?
    Gostaria de ganhar ou arrematar uns dois destes bólidos…
    De preferencia Chevrolets

  9. Heraldo Guimaraes

    Ref a Grande materia porém vergonhosa eu como caçapavense e admirador do museu me sinto envergonhado, quem por ventura puder ajudar com informações sobre Lei de Tombamento estiver disposto a comprar esta briga juntamente comigo será de muito valor.
    A todos obrigado.

  10. Erik von Eye

    Conheci o Museu na década de 70 e posso afirmar que, pelo menos aos meus olhos então adolescentes, ele era maravilhoso. O Willys Capeta era tão imaculado quanto as fotos de divulgação da época do Salão do Automóvel.
    Agora cada foto que eu vejo furtaram mais alguma peça do Capeta e dos outros carros que continuaram por lá.

    Na verdade, uma briga de família que começou com a morte de Roberto Lee pode ser considerada a principal responsável pela penúria do museu, MAS é bom saber que:

    O acervo do museu de Caçapava era considerado de utilidade pública, mas o decreto foi revogado, supostamente por “não ter apresentado os relatórios dos serviços prestados a coletividade”, determinados em lei:

    (http://74.125.113.132/search?q=cache:hoIH_cD9xeYJ:www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/1995/decreto%2520n.40.106,%2520de%252025.05.1995.htm+Museu+Paulista+de+Antiguidades+Mecanicas&hl=pt-BR&ct=clnk&cd=8&gl=br)

    Só que o museu é TOMBADO pelo Estado:

    (http://www.cultura.sp.gov.br/portal/site/SEC/menuitem.a943691925ae6b24e7378d27ca60c1a0/?vgnextoid=d89e0be71f401110VgnVCM1000004c03c80aRCRD&vgnextchannel=338afbe356338010VgnVCM1000001c79410aRCRD)

    Então, ainda que no tombamento a responsabilidade continue sendo exclusivamente dos proprietários, creio que, se tombou o museu, o Estado deveria ao menos se preocupar um pouco com ele, já que até aparece no site da Secretaria da Cultura…

    Mas se tirou dele a utilidade pública estadual, como é que o Museu poderia eventualmente pleitear algum subsídio para um projeto de reforma e, quiçá, finalmente “atender a coletividade”? É o “efeito tostines”.

    Triste. Uma Vergonha Nacional

  11. jefferson

    eu moro quase em frente do antigo museu do automavel em caçapava
    e essa briga vai longe pois os donos são da familia matarazzo e esta em eventario
    acho q foi ontem teve uma reportagem da rede globo local
    e eu vi as imagens fiquei indignado pois sempre soube sobre o museu do carro mas numca entrei la dentro são tres salões dois tens os caros totalmente danificados
    e un outro onde esta lacrado
    ninguem sabe o que tem mas o certo são os melhores carros
    eu num sei o que acontece
    eu sepre ou barulho de betoenera funcionado
    amanhã irei ver como esta e trarei noticias

  12. Sérgio Porto

    Aqui Belém(pará) não existe salão de automovel antigos, sou profissional na mecânica com formação ASE Brasil, mas tenho certeza de nunca ter visto um descaso tão gritante e tão humilhante à memória de Roberto Lee.
    Senhores colecionadores, mestres da arte em recuperação automotiva, amantes de autos, expectadores e admiradores não deixe que a memoria do museu se apague.

  13. Paulo R lanfredi

    Moro em Caçapava desde que nasci, qunado garoto, visitei por diversas vezes o museu, era aberto ao público, cobrava-se até ingresso,nunca mais voltei até lá, e hoje quando vejo estas fotos me dá uma imensa tristeza pois tenho em minha memória como era e como está hoje.Vamos cahamr a atenção da Globo, Record, quem sabe talvez alguém resolva ajudar.

  14. andre

    EEEEEEIIIIIIIII vi rumores de que o carro atras do motor v-12 outrora foi um CORD 812 !!!!!!!!!!!!!!!!!!!! SERA VERDADE???e qual era o suposto CARRO DE ALUMINIO que foi totalmente depenado??????

  15. Dr. JM

    Porque que no Brasil é assim???
    A história tem que ser jogada no lixo.
    Parece que temos raiva do passado.
    O que podemos fazer?
    Aí em caçapava num tem Ministério Público não?
    Abs.

  16. Felipe Nicoliello

    A história que conheço, contada pelo Sr. Dinho, ex-sócio do Roberto Lee e que ajudou a formar a coleção conquistada. É a seguinte: Depois da morte do Roberto, houve um desentendimento entre a viúva, a filha do primeiro casamento e o Sr. Dinho. Os carros que eram do Sr. Dinho, ele retirou todos, os carros que estavam em nome do Roberto Lee, a filha vendeu e dividiu o montante com o irmão, que é filho da viúva. Os carros que sobraram estão em nome da Fundação Roberto Lee e aí mora o problema, quem ficou como síndico ou zelador dos pertences da Fundação? Além disso existe uma briga jurídica movida pela viúva (infelizmente não sei seu nome e tenho que usar esse termo), e não sei ao certo se essa já findou. Em resumo, qdo existe qualquer briga judicial, a perda é para todos os lados e a maior perdedora no caso é a história do antigomobilismo brasileiro.

  17. Rodrigo Lombardi

    Não é nem o caso de pegar um carro desses pra andar ou expor…….
    “que se danem os carros”.
    arruma dinheiro da iniciativa privada, com isenção de impostos pras empresas, restaura os carros e o museu, bota pra funcionar alí mesmo…….reverte o dinheiro proveniente do museu pra propria cidade…pra fazer escola, hospital…….

    é uma fonte de renda e benfeitorias pra propria cidade..alí, morta…

    Se no Brasil tem criança que mora na rua……imagina carro?

  18. fabiano JLLe S.C.

    Pô,não tem nimguém que possa dar um jeito nisso? Esses carros são uma relíquea nacional,e não poderiam ser depredados assim.Será que não tem empresários que possam restaurar os veículos e expor para arrecadar dinheiro e distribuir para a comunidade como hospital,creche,orfanatos e entre outros?Isto é um insulto aos amantes de veículos antigos.

  19. Neto Chevy39

    Jefferson, estou querendo dar um pulo ae, p/ ver como anda a situação. Como esta a entrada do local, facil de entrar, ou tem algo que impede? Mande retorno o mais breve possivel, pois farei essa visita até o fim do mes de Junho/2009. Att. Grato.

  20. Jorge Diehl

    Tenho três carros antigos e sei como é dificil conservá-los originais. Custa muito tempo e dinheiro. Ver o que aconteceu com este museu me dá uma revolta tremenda. Que burrice de uma prefeitura – ou quem quer que esteja “tomando conta” deste acervo. É que nem rasgar um bilhete premiado de loteria. Acoooordem antes que seja “mais” tarde!!

  21. Ilan

    O que deveria ser feito de imediato (tendo ou não processo judiacial rolando) é por um policiamento no local, para inibir qualquer vandalismo e/ou furto/roubo do local.

    Depois, acredito que o mais coerente, seria os responsáveis entrar em um acordo. Se todos pensarem no exemplo de Águas de Lindóia, seria bem possível termos algo semelhante em Caçapava, que inclusive teria muitos ganhos com turistas (é só perguntar para os comerciantes de Lindóia!) e isto gera uma renda considerável para qualquer cidade. Atualmente carro antigo virou moda, tá na mídia, a cada ano cresce o número de interessados. Se não há vontade política para se meter neste caso, ao menos poderia pensar no que existe em Águas de Lindóia e Araxá, dois grandes eventos que ocorrem todos os anos. Certamente as prefeituras destes dois locais (assim como tantos outros) aprovam a iniciativa e obtém lucros decorrente dos visitantes.

    É algo que todo mundo ganha! Ganha a cidade que abriga o evento (com geração de empregos, impostos, renda), ganha o turista (terá mais uma opção, poderá ver o raridades nunca antes vistas). Acho que se alguém que gosta dos carros e tem contatos com as pessoas que decidem a questão, deveria ao menos tentar este tipo de argumento. Garanto que se espalhar para todos os clubes no Brasil e no mundo inteiro, todos irão apoiar e terão muito interesse em visitar.

    Mas isto só será possível se alguém resolver tomar a iniciativa enquanto há tempo!

  22. leandroarodrigues

    Boa noite, venha pedir ao Prefeito de Caçapava que venha interferir na destruição da História do nosso automobilismo, é uma vergonha ver essas fotos e ninguem tomar uma providência, venho pedir um apelo pela recuperação da história desses carros e também do museu, más não deixar acabar os carros, se ninguem tiver vontade de recuperar a história, procurem a familia de Roberto Lee para fazer um Leilão e recuperar esse carros.

    Sem mais Leandro Rodrigues.

  23. Bruno Vicentini

    Um país sem memória é um país sem passado e sem futuro… Isso é um “museu” de que nós, os apaixonados por carros antigos e toda a história por trás deles, não mais teremos a chance de visitar…
    Mas se olharmos a nossa volta, quantos museus de todos os tipos, não estão em semelhante situação?
    Não sei aonde este “país” irá parar…

  24. celio magno

    e um crime o que estao fazendo com este local gostaria de trazer o tocker que esta la e colocalo dentro do meu quarto so assim ele estaria seguro …

  25. Assir DaSilva

    Li com tristeza este blog acerca da antiga coleção de Roberto Lee. É realmente revoltante o que esta acontecendo em Caçapava.

    Resido em Michigan nos Estados Unidos a mais ou menos uma hora do Gilmore Car Museum. Lendo este artigo e seus comentarios pensei nas similaridades que houveram entre as duas situacoes no Brasil e nos Estados Unidos e quão diferentes foram os resultados. No caso do Gilmore Car Museum, que também teve origem em uma coleção privada, depois do falecimento de Donald Gilmore, a viuva, com a colaboração de amigos e amantes de carros antigos continuou o trabalho de restauração e expansão do acervo inicial. Depois de haver comprado uma fazenda no lugarejo de Hickory Corners, muitos estábulos e estrebarias da região foram adquiridos, desmontados e relocados para a area do galpão original criando um ambiente muito aprazivel para visitas e exibições. Um antigo posto de gasolina também foi restaurado e transplantado para lá. Hoje este museu funciona como organização sem fins lucrativos e está aberto de maio a outubro. O museu é uma das grandes atrações turísticas do estado de Michigan.

    Aqui vai o link do museu onde voces podem dar uma olhadinha nas fotos das intalações, mapas, historia, coleções, etc. http://www.gilmorecarmuseum.org/

    Alias as fotos dos edificios antigos onde estão os carros de Caçapava revelaram belissimas instalações, muito mais adequadas para um museu de classe mundial de que as cocheiras restauradas do Gilmore Car Museum.

    Quem sabe as coisas venham a mudar ai no Brasil com esta publicidade e estas fotos chocantes. Gostaria de manter-me informado acerca do assunto.

  26. Carros Antigos Autor do post

    Belíssimo comentário, Assir. Tristes diferenças.
    Ler a história do Gilmore Car Museum ao contrário é ver a história do musue do Sr. Lee que, em sua época, foi um dos 10 mais importantes do mundo.
    Mas a América do Norte é diferente daqui. Oportunamente, leia este post sobre esta outra coleção, a do Lindley Bothwell, na California. Estranhamente, recebi dois emails de sua viúva, pedindo que traduzisse o artigo e no último negando meu pedido por fotoso ou mesmo notícias do acervo, pois, segundo ela, a coleçõa é fechada e assim deve continuar após sua morte. De qualquer forma, um assombro esse país em que você mora. Mas nós também temos nossos méritos. Recentemente alguns carros foram resgatados e o Flores pode te dar mais notícias no blog dele.
    Querendo compartilhar suas histórias e fotos pessoais de carros antigos, mande pra mim, será um prazer publicá-las.
    Obrigado pelo link deste museu, eu não conhecia. Vou ler com carinho e atenção.
    Abraço fraterno, Nik.
    blogcarrosantigos@gmail.com

  27. robson pastorelli

    E triste ver o estado dos carros do museu atualmente pois eu tive o prazer de conhecer tanto o museu como tambem conheci o sr. roberto lee , pois meu que tambem ja e falecido nos levavamos la quando eu e meu irmão eramos crianças tinhamos em media 10a 13 anos aquilo era muito bonito pena que o governo não preserva a historia.

  28. eductba

    se me derem o maverick amarelo ja esta de bom tamanho garanto que entre tres anos ja estaria todo restaurado,algue quer fazer uma doaçao estou precisando edumendessouza@hotmail.com, moro em curitiba uma abraço a todos

  29. marcelo

    Estou chocado ,vai aqui o desabafo,tive a hora de conhecer o museu aos meus 18 anos ou seja a 20 anos atras,fiquei sabendo disso agora.vou entrar em contato com um amigo que ficou com as fotos tiradas por nós na epoca ,era lindo,lindo,combinei com meu filho de 9 anos que iria leva-lo para conhecer o museu e agora acontece isso.Filhos das putas que estão depenando os carros devem estar vendendo no ferro velho,se não me engano ainda tem do lado do museu o tiro de guerra do exercito,mas não adianta nada,sentimos muito por isso,ifelizmente meu filho e outras crianças não vão poder ver o museu,lamentavel,a prefeitura da cidade deveria agir sobre isso ,pois tambem tem historia la.LAMENTAVEL.Não sou colecionador e nem banco para isso,mas os veiculos deveriam ser doados a colecionadores honestos para continuarem a sua historia e mostrar as futuras gerações

  30. eductba

    Entao galera nao tenho palavras amo carros antigos , mas refletindo enquanto trabalhava hoje ,deu uma dor no coraçao ver as fotos desses carros largados quaze um ferro velho sem alma, cada detale que tem nas fotos e imprecionante como sao carros raros no brasil nao e perder os sentido pra quem ama carros uma abraço a todos.

  31. rodrigo dos santos

    acho que isto nao tem na da a ver com hospital enem com escola,sao rariddades que fizeram parte do passado e apenas ignorantes deixariam estes carros estragarem.

  32. luiz otavio

    nã da nem para comentar sobre esta covardia com opassado dos nossos automóveis.para mim seriam como filhos devem ser cuidados com todo carinho por toda a vida.muitas saudades.

  33. raoni ferreira abruceze dos santos

    oi sou o raoni tenho sete anos e adoro coisas antigas principalmente carros.
    gostaria que reformasem o museu do automovel de caçapava,fico muito triste em ver no que se tornou o museu.Peço que nao o abandone novamente e que reforsem o museu,e que se possivel ele volte a ser um lugar para visitações.
    ´´ó museu nasceu no final de 1800. Quando roberto lee morreu em 1975
    o museu morreu com ele.
    RAONI(uma criança que adora coisas antigas)

  34. GUARANY RICCI

    vI ESTAS FOTOS E FIQUEI REALMENTE ABALADO , ME CAUSOU REPULSA, ÓDIO, INDIGNAÇÃO, TANTO SACRIFÍCIO TANTA OBSTINAÇÃO JOGADAS AO LIXO POR UM BANDO DE IGNORANTES QUE VILEPENDIARAM NÃO SÓ O ACÊRVO MAS A ALMA DO DR. ROBERTO LEE , QUE DEUS NÃO SE ESQUEÇA DE PUNI-LOS.

  35. Fabio Rogério Mainente

    O caso é para confiscar o acervo e disponibilizar para o ministerio da educação e cultura, tenho certeza que se colocar o acervo a disposição da USP será feito um trabalho extraordinário de restauração, existem vários prédios governamentais desativados que poderiam abrigar os carros, a cobrança de uma taxa de visitação seria suficiente para manter um novo museu.
    Maneiras de resgatar este patrimonio público existem, basta boa vontade do governo usar seu poder para iniciar o processo.
    Quanto aos proprietários da fazenda, se eles nãoconservaram não possuem direitos sobre este patrimonio histórico que hoje, comercialmente, não vale quase nada, mas como patrimonio histórico, tem valor inestimável.
    Para balnçar a conciência dos governantes, da minha parte vou começar a denúnciar esta situação para vários jornais impressos e televisivos, uma vez divulgado na mídia, se conseguir alguma repercurssão, e acredito que será conseguido, certamente alguma atitude será tomada.
    Solicito que todos que lerem esta mensagem ajudem também escrevendo para os jornais.
    Não vamos somente lamentar a situação, vamos fazer o que estiver ao nosso alcance.

  36. Ricardo Matiusso

    Realmente é um absurdo o estado em que se encontram este carros.
    Estive ontem no museu, mas não consegui entrar pois não localizei o caseiro responsável pelo lugar. (ele estava trabalhando e não o encontrei em seu serviço). Mas segundo informações de uma outra pessoa que estava lá. Conversando com ele, costuma liberar para dar uma olhada. Vou voltar lá ainda esta semana e tirarei algumas fotos.

  37. MAURO DE CARVALHAES

    … Meu Deus !!! Só em nosso país mesmo ! No final dos anos 60, tive a oportunidade de conhecer os galpões, se não me engano, de fazenda pertencente a família de Roberto Lee, em Caçapava, nos quais estavam bem instalados inúmeros e raros veículos de sua coleção. Alguns por ele adquiridos e outros doados. Conheci também alguns destes galpões onde eram restaurados aqueles que necessitavam de restauração.Estrutura organizada, posto que criada por amante de carros antigos e com recursos. Com sua morte ( assasinado por ex-amante), por vários anos a coleção ficou largada, sendo certo, inclusive, que, por seus herdeiros, foi ofertada ao antigo Touring Club do Brasil para que, em prédio de dimensões consideráveis a ele pertencente, ainda hoje, à margem da Rodovia Pres. Dutra, em Resende, e em estado de abandonado, fosse instalado o Museu do Automóvel do Touring Club. Imaginem a importancia e interesse turístico deste empreendimento para a região. Toidavia, como sempre, quando a política entra pela porta da frente a boa administração sai pela porta dos fundos, sendo essa mais uma, dentre tantas, oportunidade imparperdida por conta dos entraves burocráticos.
    … PATÉTICO !!!

  38. raoni ferreira abruceze dos santos

    tenho 8 anos e me importo com os carros antigos tenho uma certa paixão por coisas antigas e pelo jeito os herdeiros do museu tão se lixando então porque não fazemos uma greve sabiam que um homem deu uma proposta aos herdeiros: pintar,remormar,limpar e cuidar do museu de graça deixa-lo como nos tempos de funcionamento. mas os idiotas dos hedeiros NÃO aceitaram são muito burros de gratis o cara disse até que ia trazer novos carros (antigos)pro museu do automovel.

  39. João Paulo Andrade de Melo

    Como mais um amante de carro e com uma garagem vazia. Ricardo eu te empresto minha garagem, pois é muito triste o que acontece em caçapava.

  40. rafael

    gostaria de tomar posse de quauquer carro para reformar e guardar de reliquea aguardo resposta antonio de sao jose dos campos!

  41. krauss

    gostaria de comprar um dos carros para restaurar aguardo respostas sou de gaspar sc 47 84299216

  42. Ricardo Matiusso

    divulgação carol guedes carol guedes

    CAÇAPAVA
    O acervo do Museu Paulista de Antiguidades Mecânicas, em Caçapava, foi transferido ontem do prédio da antiga Fazenda Esperança para o espaço do Centro Educacional, Cultural e Esportivo José Francisco Natali onde ficará por tempo indeterminado.
    O objetivo é garantir a segurança do acervo, já que o prédio que o abriga está danificado. O Museu, fundado em 1963 e fechado 30 anos depois, abrigou uma coleção de exemplares raros do automobilismo mundial.
    No último dia 10, foi assinado os termos de doação do acervo para a Prefeitura de Caçapava

    http://www.ovale.com.br/cmlink/o-vale/regi-o/cacapava-transfere-carros-antigos-vale-1.65094

  43. Lucas

    aquele carro preto é um simca presidence?
    Se sim, estaria interessado em vende-lo?
    por favor, entre em contato comigo pelo meu email
    agradeço desde ja

  44. Julio Augusto Rocha Paes

    Nem de propósito ví numa revista de nome Clássic Show,no mês de abril p.p. um artigo atualizado sobre o ex museu Paulista de Antiguidades Mecânicas que foi criado por Roberto Lee, que por sinal conhecí pessoalmente e, ao que me parece a Prefeitura de Caçapava vai assumir o acêrvo restante, pois o acêrvo original foi muito dilapidado e também por descuido foi alvo de depredação e acidentes constantes. É uma verdadeira pena o que aconteceu, mas infelizmente, como disseram outros anteriormente, os desentendimentos familiares após a morte do Roberto e a habitual incúria nacional levou a êsse desolador quadro. Esperamos que agora consiga-se salvar o restante.

  45. paulo malbber

    Meus pêsames à família responsável pelo museu.
    Só gente sem cultura histórica deixa um patrimônio ficar jogado dessa maneira.
    Nota zero para todos !!!!!

  46. ademir

    Ninguém em sã consciência gostaria de ter herdeiros desse nível…
    Sugiro que mudem o sobrenome, pois o fundados do museu deve estar envergonhado de todos esses descendentes…

  47. Pingback: As montadoras nacionais devem preservar sua memória? | Autozine

  48. Joscimarbiagini

    Amigo . Me chamo joscimarbiagini moro em Curitiba assim como vc eu adoro carros antigos infelizmente a bastante tempos atrás eu e meu pai cortavamos no machado carros que se fosse agora nunca cortariamos parabéns pelo teu trabalho ótima reportagem abraço

  49. Daniel de Sá

    Ola !
    Primeiro gostaria de dar meus parabéns a todos os envolvidos no desenvolvimento destas matérias a respeito de carros relacionados a uma década já moderna, louca e glamourosa. Tenho 41 anos por tanto uma criança nos anos setenta, mas falo com muita propriedade que a modernidade não é um privilégio só dos anos dois mil para cá, e sim já de muito tempo antes dos anos setenta, e ai se falando de setenta então….Escrevo isto por conta de um comentário feito na coluna ( Placa Preta ) em que o leitor se refere como se os carros fabricados nesta época ( placa preta entende-se carros em perfeitas condições tal como quando fabricados ) fossem de pouca tecnologia a ponto de representar uma ameaça nas estradas Brasileiras, gostaria de sugerir que este cidadão se informasse mais sobre as novidades tecnológicas em todos os campos da industria desde os anos trinta, tenho certeza que ele ira mudar e muito seu ponto de vista.
    Daniel de Sá

  50. Wagner

    Estive lá há uns 38 anos atráz, ainda em minha infância, foi uma viagem e tanto, estava acompanhado de um Tio, meu Avô e Avó,que hoje não estão mais entre nós,nestes ultmos dias decidi procurar o museu de Caçapava na internet, que desgosto ,que dissabor ao ver a canibalização que estão fazendo com nossos clássicos, Sr Prefeito de Caçapava, não deixe este acervo se perder, Nem use dinheiro publico, tem muita gente de boa indole com condições financeiras e piscológicas que gostariam de administrar estas joias raras, minha sobrinha mora ai em caçapava e ainda quero ir nesta cidade ver estes exemplares de Roberto Lee expostos e brilhando como se tivessem saido da fabrica aquele dia, sou militar do estado e vou para a reforma em dois anos, sou mecânico e gostaria de participar ativamente na restauração destes senhores dignatários de todo amor, uma vez que não tenho como patrocinar, mas sejamos pacientes que o tempo é o maior revelador das verdades, pena que nossos queridos automóveis Vovô, não podem esperar tanto, Você que leu e pode colaborar, não fique para do entre em ação agora.

  51. litolatta

    Você pode me explicar se o museu poderia ser reaberto?
    Can you explain me if the museum could be reopened? Thanks in advance! ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s